OTIMISMO

Mercado imobiliário prevê crescimento de 30% este ano

Depois de um ano de estagnação, o mercado imobiliário de Jundiaí começa 2018 com boas perspectivas. Construtoras e incorporadoras da cidade, consultadas pela reportagem, confirmam que voltarão a lançar novos empreendimentos neste ano, depois de um 2017 sem lançamentos.

De acordo com levantamento do Secovi, ao contrário do mercado imobiliário da cidade de São Paulo, que teve aumento de 48% no número de unidades residenciais lançadas no ano passado em comparação a 2016, Jundiaí registrou em 2017 o pior desempenho dos últimos anos. Foram apenas 360 novas unidades. Em 2016 foram 1.496, em 2015, 1.322, e em 2014, 3.093.

No ano passado, foram lançadas apenas 360 unidades residenciais, o pior desempenho do setor nos últimos anos. Foto: Jornal de Jundiaí

O presidente da Proempi – entidade que representa o Secovi-SP para Jundiaí e Região -, Walter da Costa e Silva Filho, calcula que o mercado imobiliário deve crescer em torno de 30% neste ano. “Mas primeiro o mercado irá desovar seus estoques, hoje em torno de 20 a 30 empreendimentos. Também há alguns empreendimentos aprovados e não lançados o que deverá ocorrer”, pondera.

Diretor financeiro da construtora Santa Angela, Alexandre Benassi diz que a empresa lançou, em janeiro, a primeira torre de um empreendimento que terá, ao todo, 470 unidades. “As vendas surpreenderam. Tanto que antecipamos para março o lançamento da segunda torre, que estava previsto para o segundo semestre”, destaca, lembrando que em 2017 a construtora não lançou novas unidades.

Segundo Benassi, estão previstos ainda mais dois lançamentos neste ano em Jundiaí. “Temos um loteamento previsto para junho. E mais dois empreendimentos que somam 450 unidades, para o segundo semestre”, enumera. “No ano passado vendemos apenas estoque. Apesar de alguns incertezas políticas, a expectativa para este ano é muito boa.”

Conselheiro da Proempi e diretor da incorporadora SCO Tebas, José Roberto Orlando também está otimista. “Passamos por um momento bastante inusitado. Foram três anos praticamente de mercado estagnado”, analisa, frisando que, por enquanto, a incorporadora tem confirmado o lançamento de um empreendimento de 120 unidades.

Outra construtora da cidade, a FA Oliva informa que prevê, pelo menos, um lançamento este ano na cidade. O empreendimento, segundo o gerente de Vendas Murillo Castilho, conta com 130 unidades. “A gente percebe que o mercado está reagindo, ainda que lentamente. Mas a perspectiva é boa”, afirma.

COMENTE

Loading Facebook Comments ...

Comentário Sobre: “Mercado imobiliário prevê crescimento de 30% este ano

  1. Só fico preocupada com o fato de onde vai parar Jundiaí crescendo desse jeito ??? não param de chegar pessoas de outros estados, e principalmente da grande São Paulo.
    Sou Jundiaiense “da gema” e particularmente detesto esse tipo de crescimento. Esperarão o trânsito (que já está caótico) ficar igual ao de São Paulo??? O povo de São Paulo adoraaaaaaa o trânsito daqui, quero ver a hora que ficar igual ou pior do que o de São Paulo!!! Jundiaí está ficando uma cidade chata, sem a simpatia e cordialidade do pessoal nascido aqui.
    #prontofalei

Comente

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *