CAPA
Álbum de Casamento
Lua de Mel
Moda
News
Última Edição
02/01/2017 05h00 - CASAMENTO
Conheça os tipos de buffet e escolha a melhor opção
Da Redação
redacao@jj.com.br
© Divulgação/Casuarinas Casa de Festas
A comida do casamento é um item importante e indispensável para quem deseja ter uma festa longa e animada. É preciso que os convidados possam recarregar as baterias. Mas não só a comida é importante: a forma como ela é servida também é. Conheça os tipos de serviço de buffet para casamento e escolha a melhor opção para o seu evento:

Você quer que os convidados sejam servidos na mesa ou acha melhor que eles mesmos possam se servir da quantidade que desejam comer? Tudo vai depender do tipo de evento que você deseja realizar e, claro, do tipo de serviço de buffet que contratar.

Atualmente, existem quatro principais tipos de buffet para casamento: à inglesa, à francesa, à americana e o empratado. Eles são bem tradicionais e podem ser combinados entre si, dependendo de como o evento for organizado e do que os noivos preferirem.

Conheça os tipos de serviço de buffet para casamento:

A inglesa: eventos chiques e superformais costumam ser servidos à francesa. Os garçons saem da cozinha com carrinhos com comida e pratos, que são montados e finalizados na frente dos convidados.

Esse tipo de serviço é muito confortável para os convidados, mas pode exigir uma equipe enorme de garçons e assistentes, para que seja possível servir todo mundo ao mesmo tempo. Além disso, no caso de serem oferecidas opções de cardápios, os garçons devem passar pelas mesas anotando o que cada convidado vai querer, para que possa trazer da cozinha a quantidade de comida necessária.

Muitos convidados vão gostar da comodidade de servir um jantar de casamento com serviço à inglesa, saiba que. No entanto, é provável que haja muito desperdício de comida, tendo em vista que os pratos já são servidos montados com uma determinada quantidade que não é escolhida pelo convidado, mas pelos garçons.

À francesa: no serviço à francesa, os convidados ficam sentados à mesa e os garçons circulam pelo salão com travessas e baixelas servindo-os de acordo com o que eles querem comer e as quantidades que eles determinam. O serviço à francesa também é considerado bastante formal e requintado, e muitos organizadores de eventos o considera quase uma cerimônia.

Essa é uma opção que ajuda a evitar desperdício de comida, tendo em vista que o próprio convidado dita a quantidade que quer em seu prato. Por outro lado, a quantidade de garçons e assistentes será enorme, o que pode encarecer um pouco este serviço de jantar para casamento.

O serviço à francesa dispensa o uso de cardápios, pois os garçons oferecem de tudo para os convidados. No entanto, também será necessária uma grande quantidade de louças e talheres em cima da mesa, para que o convidado tenha as ferramentas necessárias para comer o que escolher. E isso é mais um item que pode levar ao encarecimento do evento.

À americana: os tradicionais self-services, em que cada pessoa se serve da quantidade e do que deseja, é chamado de serviço à americana. Neste caso, os convidados devem ir até onde está a comida e se servir. Os garçons ficam a postos para auxiliar os convidados e repor as travessas conforme a comida for acabando.

Este é, na verdade, um serviço mais informal e econômico, pois necessita de menos profissionais circulando pelo salão e servindo os convidados. Além disso, como cada pessoa se serve do que quer e da quantidade que irá comer, é possível evitar um grande desperdício de comida.

Mas mesmo um serviço de buffet de casamento mais simples não precisa ter, necessariamente, uma apresentação barata. Aproveite que você estará gastando menos com mão de obra para servir pratos mais vistosos e requintados ou uma maior quantidade de opções para os convidados.

Empratado: o serviço de buffet empratado é uma versão do serviço à inglesa mais simples. Os pratos já saem da cozinha montados e são entregues aos convidados. Neste caso, é possível criar pratos mais decorados, elaborados e bonitos para surpreender os presentes. Este tipo de serviço é bem formal e elegante, principalmente se os pratos forem mais requintados e bem ornamentados.

Neste caso, também é preciso de uma grande quantidade de profissionais trabalhando, tanto na cozinha, montando os pratos, quanto no salão, anotando os pedidos e servindo os convidados. Também há a possibilidade de gerar um certo desperdício de comida, pois, neste caso, o prato é montado com uma quantidade determinada pela equipe do buffet.

É claro que escolher entre um serviço ou outro vai depender do que é mais cômodo para o casal, do orçamento disponível e do tamanho do salão. Para serviços de buffet que necessitam de muitos garçons, é preciso um salão maior, pois ao mesmo tempo que os profissionais circulam, os convidados ficam sentados.

Também há a opção de combinar os serviços. O coquetel de entrada e as bebidas podem ser servidos à francesa, enquanto o jantar e as sobremesas são apresentados como um self-service. Outra opção é servir a proteína empratada, enquanto os garçons servem as guarnições a francesa. Essas são formas elegantes, porém um pouco mais econômicas, de servir o jantar de casamento.

 

TAGS · tipos · buffet · casamento · opções · comida ·
Outras notícias sobre NEWS LISTAR TODAS
20/01 -  5 dicas para economizar com o casamento
18/01 -  5 músicas para a banda do seu casamento começar em grande estilo
11/01 -  Celebridades que prometem subir ao altar em 2017
30/12 -  É vantagem ter um open bar no casamento?
25/12 -  Pin book auxilia na fase de preparativos
23/12 -  Convites com a cara da estação!
19/12 -  Tendência para casamentos: bolos múltiplos
12/12 -  Escolha do penteado certo é um dos desafios para as noivas
12/12 -  Casal faz doação de lista de casamento para beneficiar ONGs
08/12 -  Dicas de beleza e serviços para noivas são lançadas em menu exclusivo
Álbum de Casamento
Lua de Mel
Moda
News
2014 © Jornal de Jundiaí - Todos os direitos reservados.
Acesse:
Projeto Gráfico: Marcelo Savoy | Desenvolvimento: //sithes.com