Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Hospital São Vicente inaugura instalações de quimioterapia

DA REDAÇÃO | 23/05/2019 | 06:30

Com a presença do Prefeito de Jundiaí, Luiz Fernando Machado, do Gestor de Promoção da Saúde, Tiago Texera, do superintendente do Hospital São Vicente de Paulo (HSV), Matheus Gomes, demais autoridades e convidados, o HSV inaugura hoje as novas instalações de seu Centro de Quimioterapia.

O espaço foi reformado, climatizado e adequado. Na unidade são realizadas em média 473 sessões de quimioterapia e 400 consultas por mês. O atendimento é direcionado a pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS) de Jundiaí e região. A melhoria custou R$ 200 mil e foi viabilizada por meio de emenda parlamentar do ex-deputado estadual Junior Aprillanti.

As novas instalações têm 182 metros quadrados, 56 a mais que o espaço anterior que tinha 126 metros quadrados. O novo espaço fica ao lado da recepção central do HSV, no número 233 da Rua Vicente de Paulo, a poucos metros da antiga localização. O Centro de Quimioterapia funciona das 7h30 às 20h.

Entre os meses de janeiro e abril deste ano, o Hospital São Vicente de Paulo (HSV) superou os números de cirurgias realizadas nos anos anteriores. No total, foram 2.332 procedimentos cirúrgicos, índice 20% superior a 2017, com 1.948 cirurgias. Neste ano, só no mês de abril foram feitas 650 cirurgias, ultrapassando o recorde anterior do hospital de 637, atingido em outubro do ano passado.

A melhora de desempenho vem de encontro ao propósito da gestão do hospital destes últimos dois anos. “Temos buscado otimizar recursos para elevar a eficiência e melhorar nossa performance”, explica o superintendente do HSV, Matheus Gomes. “Na prática, melhoramos de maneira significativa o fluxo do centro cirúrgico, agilizando a liberação de leitos e permitindo a realização de um número maior de cirurgias”.

De acordo com o superintendente, a melhoria também surtiu efeito nos índices de cancelamento de cirurgias, que antes chegavam a expressivos 16% das intervenções mensais e hoje giram em torno de 3%. “Isso significa que temos conseguido realizar mais cirurgias eletivas, sem comprometer as cirurgias de urgência”, explica. Muitas vezes as cirurgias que não são consideradas urgentes, acabavam canceladas devido à necessidade de um procedimento emergencial de última hora. A circunstância é uma realidade vivida por todos os hospitais, mas que o HSV conseguiu reduzir de maneira significativa.

O centro cirúrgico do hospital conta com oito salas que podem ser utilizadas simultaneamente. Dentre as 15 especialidades cirúrgicas atendidas pelo HSV, ortopedia é a que teve a maior taxa de realizações de cirurgias neste primeiro quadrimestre, com 853, o que corresponde a 38% do total de procedimentos. Em seguida estão as cirurgias gerais (vesícula, úlcera, hérnia entre outras), com 566 procedimentos e 25%, e urologia, com 206 intervenções, o que corresponde a 9%.

A VIDA NÃO ESPERA
Para a paciente Maria Helena Evangelista Correia, 72 anos, moradora de Campo Limpo Paulista, o HSV foi sua salvação. “Eu fui no hospital de minha cidade, o médico disse que eu precisava caminhar e comer melancia. Decidi vir ao São Vicente, realizaram exames e foi constatado um tumor no meu intestino. Isso foi na quinta à noite e na sexta pela manhã eu já entrei na sala de cirurgia. Minha cirurgia demorou 7 horas. Se não fosse o São Vicente, eu acho que agora não estaria mais aqui”, declara. “Sou bem agradecida por mim e por todos que passam por aqui”, conta ela que está em fase final de recuperação.

O jovem fotógrafo Christian Alejandro Peinados, 21 anos, que é natural da Venezuela e mora em Jundiaí há quatro anos precisou de uma cirurgia de emergência. “Comecei a sentir falta de ar e vim para o São Vicente. No hospital realizaram exames e detectaram que eu tinha líquido no pulmão, retiraram mais de 700 ml e o médico optou por realizar uma cirurgia. Acredito que se os médicos não fossem tão rápidos eu poderia ter piorado”, diz ele. “A equipe foi muito atenciosa, cuidou de cada detalhe, me perguntavam a todo momento se eu estava confortável, se estava respirando bem, se eu estava tranquilo”, relembra.

Do total de cirurgias realizadas neste início do ano, 1.138 foram cirurgias eletivas e 1.194 foram cirurgias de urgência.

T_QUIMIOTERAPIA

 

 


Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/hospital-sao-vicente-inaugura-instalacoes-de-quimioterapia/
Desenvolvido por CIJUN