CANTINHO PET
Jundiaí, 24 de fevereiro de 2017
13/12/2016 12h02 - PREFEITURA DE JUNDIAÍ

Site tem link para denunciar maus tratos a animais

Da Redação
redacao@jj.com.br
© Divulgação
Jundiaí ganha mais uma ferramenta para que os crimes contra animais sejam denunciados e apurados. Trata-se da Delegacia Eletrônica de Proteção Animal (Depa), um site em que as pessoas podem registrar denúncias contra abusos ou maus tratos praticados.

O site da Prefeitura de Jundiaí já colocou à disposição dos usuários o link para mais essa ferramenta – benefício criado pela Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e que conta com a integração entre as prefeituras na divulgação e popularização da ferramenta.

É simples acessar o novo site: na página principal do portal da Prefeitura de Jundiaí, vá na barra lateral direita de banners e clique em “Delegacia Eletrônica”. Depois, basta acessar o link que leva à Delegacia Eletrônica da Secretaria de Estado de Segurança Pública.

No site do Governo Estadual, procure pela barra lateral direita, em “selecione a ocorrência”, e clique em Depa – Proteção Animal. A barra também tem o desenho da patinha de um animal para facilitar a visualização. É necessário identificar-se para fazer a denúncia e o sigilo dos dados serão preservados se optar pela privacidade no momento do cadastro da denúncia.

As providências tomadas pela polícia poderão ser acompanhadas através do número de protocolo gerado após a efetivação da denúncia, juntamente com o número do CPF do denunciante informado.

Atualmente, as denúncias feitas em Jundiaí contra maus tratos a animais são registradas via 156 e encaminhadas para averiguação da Coordenadoria do Bem-Estar Animal (Cobema), órgão vinculado à secretaria de Planejamento e Meio Ambiente.

Segundo a supervisora de atendimento do 156, Rodinea Aparecida Galbieri, em setembro, outubro e novembro foram documentadas 81 denúncias sobre o tema (36 em setembro, 18 em outubro e 27 em novembro). “A maioria das denúncias é feita no anonimato, condição que faz com que o reclamante tenha de ir presencialmente à Prefeitura registrar a ocorrência”, conta.

A veterinária Carolina Ballarini Zetun, da Cobema, explica que, na maior parte das vezes, é feita a orientação com notificação escrita. Em episódios mais graves – geralmente os flagrantes – o próprio fiscal do órgão chega a abrir um boletim de ocorrência sobre o constatado. Para a médica, a orientação continua sendo “a abertura do boletim de ocorrência pelo próprio reclamante que flagrou o ocorrido”.

Agora, com a Depa, a apuração dos casos deverá ficar mais fácil e ágil.

Comente esta matéria 1 comentário
estela binati daineze 13/02/2017 10:09:07
adorei esse novo sistema em Jundiaí para ir contra maus tratos de animais
Seu telefone e e-mail NÃO serão publicados!
* Campos obrigatórios! (caracteres restantes: 1000)
Li e estou de acordo com os termos e condições de uso do portal.
Outras notícias sobre CANTINHO PET LISTAR TODAS
JORNAL DE JUNDIAÍ
política de privacidade anuncie conosco
editorias
Brasil
Cantinho Pet
Economia
Empregos e Concursos
Especiais
Especial 50 Anos
JJ Nos Bairros
Jotinha
Motor
Mundo
Opinião
Polícia
Política
Repórter JJ
Turismo
cidades
Jundiaí
Região
entretenimento
Agito
Cultura & Lazer
Estilo
Revista Estilo & Casa
Théo Faz & Acontece
Revista Hype
Revista Noivas
esportes
fotos
tv jj
Entrevistas
Na Cozinha
Na Ponta da Língua
Notícias
Periscope
Salão Duas Rodas
Seu Bolso
Simplesmente Vinho
grupo jj
Fale Conosco
Blog JJ
Repórter JJ
Quem Somos
Expediente
Anuncie
Assine o Jornal
Enquete
Rádio Difusora
Revista Hype
Revista Noivas
Ponto Onze
Gráfica JJ
Termo e
Condições de Uso
2014 © Jornal de Jundiaí - Todos os direitos reservados.
Acesse:
Projeto Gráfico: Marcelo Savoy | Desenvolvimento: //sithes.com