CULTURA & LAZER
Jundiaí, 20 de janeiro de 2017
11/01/2017 13h24 - POLÊMICA/GLOBO DE OURO

Há um ano e meio, Trump chamava Meryl Streep de atriz ’excelente’

Da Folhapress
redacao@jj.com.br
© Divulgação
Antes de chamar Meryl Streep de "superestimada", Donald Trump já havia elogiado a atriz. Em uma entrevista à revista Hollywood Reporter em agosto de 2015, o hoje presidente eleito dos Estados Unidos dizia que Meryl era uma atriz "excelente".

Quando questionado sobre suas atrizes preferidas, ele respondeu: "Julia Roberts é incrível, e muitas outras. Meryl Streep é excelente. E ela é uma pessoa legal também". Entre os atores, listou Clint Eastwood, Robert Duvall e Marlon Brando ("fabuloso, fabuloso quando ele estava lá").

No último domingo (8), quando subiu ao palco do Globo de Ouro para receber uma homenagem, Meryl comoveu a plateia com um discurso no qual lembrou o episódio em que Trump estremeceu e moveu seus braços desordenadamente, aparentemente caçoando de Serge Kovaleski, repórter do New York Times que é deficiente físico.

Ela ainda criticou a crescente xenofobia nos Estados Unidos que serão governados por Trump, que prometeu deportar três milhões de imigrantes e construir um muro separando o país do México. "Se mandarmos todos os estrangeiros embora, não vamos ter nada ao que assistir a não ser futebol e artes marciais. E isso não é o que a arte deve ser", disse a atriz.

Na segunda (9), Trump retrucou em sua conta no Twitter : "Meryl Streep, uma das atrizes mais superestimadas de Hollywood, não me conhece, mas me atacou ontem à noite no Globo de Ouro, Ela é uma lacaia de Hillary. Pela centésima vez, eu nunca "zombei" de um repórter deficiente (nunca faria isso), eu simplesmente o imitei "rastejando" quando ele mudou completamente uma história de 16 anos que ele havia escrito para me denegrir. Mais uma vez a mídia desonesta", escreveu o presidente eleito.

Ele também deu uma breve entrevista por telefone ao New York Times em que descrevia Meryl como uma "Hillary lover" (amante de Hillary Clinton), afirmava não ter visto a cerimônia, mas se dizia não surpreso por ter sido criticado pelo "pessoal liberal do cinema".

Logo surgiram nas redes sociais reações da classe artística em apoio a Meryl.

Comente esta matéria 0 comentários
Seja o primeiro a comentar esta matéria!
Seu telefone e e-mail NÃO serão publicados!
* Campos obrigatórios! (caracteres restantes: 1000)
Li e estou de acordo com os termos e condições de uso do portal.
Outras notícias sobre CULTURA & LAZER LISTAR TODAS
JORNAL DE JUNDIAÍ
política de privacidade anuncie conosco
editorias
Brasil
Cantinho Pet
Economia
Empregos e Concursos
Especiais
Especial 50 Anos
JJ Nos Bairros
Jotinha
Motor
Mundo
Opinião
Polícia
Política
Repórter JJ
Turismo
cidades
Jundiaí
Região
entretenimento
Agito
Cultura & Lazer
Estilo
Revista Estilo & Casa
Théo Faz & Acontece
Revista Hype
Revista Noivas
esportes
fotos
tv jj
Entrevistas
Na Cozinha
Na Ponta da Língua
Notícias
Periscope
Salão Duas Rodas
Seu Bolso
Simplesmente Vinho
grupo jj
Fale Conosco
Blog JJ
Repórter JJ
Quem Somos
Expediente
Anuncie
Assine o Jornal
Enquete
Rádio Difusora
Revista Hype
Revista Noivas
Ponto Onze
Gráfica JJ
Termo e
Condições de Uso
2014 © Jornal de Jundiaí - Todos os direitos reservados.
Acesse:
Projeto Gráfico: Marcelo Savoy | Desenvolvimento: //sithes.com