JUNDIAÍ
Jundiaí, 24 de outubro de 2017
19/05/2017 20h37 - MOBILIDADE SOCIAL

Transporte e saúde são os principais focos da conferência sobre deficiência

Simone de Oliveira
scoliveira@jj.com.br
© Rui Carlos
Marcos diz que a conferência servirá de base para novos trabalhos
A Assessoria de Políticas para a Pessoa com Deficiência promove nesta segunda-feira (22), a partir das 8h, a 11ª Conferência Municipal com o objetivo de estreitar as informações necessárias ao público de Jundiaí que apresenta algum tipo de deficiência, assim como pontuar ações para oferecer demandas que atendam este público. Transporte e saúde são os principais focos do evento.

Segundo dados da assessoria, órgão ligado à Casa Civil, pelo menos 80 mil pessoas em Jundiaí apresentam algum tipo de deficiência, desde as físicas até as intelectuais. Os dados são mensurados de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), levando em conta o número de moradores. Durante a conferência haverá a eleição de oito representantes da sociedade civil para integrar o Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência pelos próximos dois anos. O assessor municipal de Políticas para a Pessoa com Deficiência, o psicólogo Marco Antonio dos Santos, adianta que serão abordados temas como transporte e acessibilidade; saúde e assistência social; educação, cultura e esportes. São itens muito discutidos e pedidos por quem realmente necessita.

“Sabemos dos problemas em nossa cidade, principalmente quanto às questões de transportes e até mobilidade porque vivemos em uma cidade antiga e temos problemas estruturais, principalmente com as calçadas, mas todos os esforços serão feitos para que em um período de dois anos consigamos sanar os mais urgentes.”

Este prazo de dois anos, segundo Santos, é o período em que a nova diretoria do Conselho Municipal ficará vigente. Além de oito representantes da sociedade civil, haverá indicados pelo poder público. “O importante é a troca de informações para sabermos as necessidades. Entre os conselheiros haverá representantes de associações e entidades que lidam diariamente com pessoas com algum tipo de necessidade. Eles serão nossos olhos e ouvidos”, comenta Santos.

O encontro será na Cúria Diocesana de Jundiaí, a partir das 8h desta segunda (22), e contará com alguns convidados. A partir das 10h40 o tema “Lei Brasileira de Inclusão: Avanços e Desafios” será ministrado pela defensora pública e especialista no tema, Renata Flores Tibyriçá. “Entendemos deficiência como pessoas com algum tipo de problema físico, sensorial ou intelectual, por isso quando analisamos algum ponto para criar políticas públicas é preciso contemplar a todos. Quando se fala em criar leis e fazer-se cumpri-las tem que contemplar a todos.” A Cúria Diocesana fica na rua Engenheiro Roberto Mange, 400, Anhangabaú.

Comente esta matéria 0 comentários
Seja o primeiro a comentar esta matéria!
Seu telefone e e-mail NÃO serão publicados!
* Campos obrigatórios! (caracteres restantes: 1000)
Li e estou de acordo com os termos e condições de uso do portal.
Outras notícias sobre JUNDIAÍ LISTAR TODAS
JORNAL DE JUNDIAÍ
política de privacidade anuncie conosco
editorias



Empregos e Concursos
Especiais


Motor
Mundo
Opinião
Polícia
Política
Repórter JJ
Turismo
cidades
Jundiaí
Região
entretenimento

Cultura & Lazer
Théo Faz & Acontece
esportes
tv jj


Na Ponta da Língua
Notícias
Periscope
Salão Duas Rodas

grupo jj
Fale Conosco
Repórter JJ
Quem Somos
Expediente
Anuncie
Assine o Jornal
Gráfica JJ
Termo e
Condições de Uso
2014 © Jornal de Jundiaí - Todos os direitos reservados.
Acesse:
Projeto Gráfico: Marcelo Savoy | Desenvolvimento: //sithes.com