JUNDIAÍ
Jundiaí, 21 de novembro de 2017
13/09/2017 06h00 - EMPREGO

Comércio e empresas se preparam para contratação de temporários

Gustavo Amorim
gamorim@jj.com.br
© Alexandre Martins
A fila nas agências de emprego já começou a aumentar em Jundiaí e a explicação é simples: o comércio e as empresas já começam a se preparar para a contratação de funcionários temporários para o Natal, período em que as vendas aumentam consideravelmente. 

Segundo Edson Maltoni, presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Jundiaí e Região, ainda não há uma perspectiva de quantas vagas serão abertas na cidade. “Esse dado deve ser consolidado no meio de outubro. Mas é certo que teremos contratações”, diz Maltoni.

O dirigente lembra que a demanda de vagas vem diminuindo por conta do mau momento da economia. Porém, a tendência é melhorar. “A gente já começou a notar essa intenção dos empresários”, diz.

Elton Monteiro, presidente da Associação Comercial Empresarial (ACE) de Jundiaí, lembra que essa melhora se deve aos últimos números de indicadores econômicos divulgados recentemente. “A queda da inflação e a taxa de juros menores ajuda muito”, explica.

Monteiro, porém, destaca que os empresários ainda estão com os pés no chão e vão se manter assim. “É um momento de planejamento ainda. Em outubro deveremos ter números mais precisos”, comenta.

Nesta terça (12), o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) divulgou dados sobre o comércio varejista. Em julho, a variação de compras foi nula (0,0%), mas os números melhoraram em relação a julho de 2016. O salto foi de 3,1%,

Efetivação pós-Natal
Todos os anos uma parcela dos funcionários temporários são contratados em definitivo pelas empresas e pelo comércio. Segundo Edson Maltoni, em Jundiaí essa taxa varia de 20% a 25% ano a ano, e a expectativa é que se mantenha mesmo em um momento de retomada econômica.

“O que a gente percebe é que os temporários demonstram muito mais vontade do que algumas pessoas que já trabalham em determinado local. E é claro que isso faz diferença”, comenta Maltoni.

Elton Monteiro também acredita que o número será mantido. “Creio que esse dado se mantenha sim. Não temos nenhuma pesquisa para embasar, mas como já disse, por esse cenário econômico que tem se tornado favorável, a tendência é que o aquecimento do primeiro semestre de 2018 continue.”

Comente esta matéria 0 comentários
Seja o primeiro a comentar esta matéria!
Seu telefone e e-mail NÃO serão publicados!
* Campos obrigatórios! (caracteres restantes: 1000)
Li e estou de acordo com os termos e condições de uso do portal.
Outras notícias sobre JUNDIAÍ LISTAR TODAS
JORNAL DE JUNDIAÍ
política de privacidade anuncie conosco
editorias



Empregos e Concursos
Especiais


Motor
Mundo
Opinião
Polícia
Política
Repórter JJ
Turismo
cidades
Jundiaí
Região
entretenimento

Cultura & Lazer
Théo Faz & Acontece
esportes
tv jj


Na Ponta da Língua
Notícias
Periscope
Salão Duas Rodas

grupo jj
Fale Conosco
Repórter JJ
Quem Somos
Expediente
Anuncie
Assine o Jornal
Gráfica JJ
Termo e
Condições de Uso
2014 © Jornal de Jundiaí - Todos os direitos reservados.
Acesse:
Projeto Gráfico: Marcelo Savoy | Desenvolvimento: //sithes.com