POLÍTICA
Jundiaí, 23 de setembro de 2017
13/09/2017 08h54 - CAMPO LIMPO PAULISTA

Aléssio Grandizoli assume e, sem perder tempo, demite primeiro e segundo escalão

Mauro Utida
mutida@jj.com.br
© Fabiano Maia
No seu primeiro dia como prefeito de Campo Limpo Paulista, Aléssio Grandizoli (PDT) demitiu praticamente todos os ocupantes de cargos comissionados do primeiro e segundo escalões da administração pública, incluindo os 10 secretários municipais, entre eles, Durval Orlato, que era chefe de governo de Japim Andrade (PROS). No lugar de Durval, foi empossado o vereador Riberto (PDT), que na segunda-feira (11) votou pela cassação de Japim.

Grandizoli tem 46 anos, é advogado de família tradicional na política campolimpense. O pai, Alcebíades Grandizoli, o Pardal, foi prefeito por dois mandatos, além de presidente da Câmara. A mãe de Aléssio também foi vereadora, assim como ele, no mandato de 2001 a 2004. Para o novo prefeito, a acusação de traição por parte de Japim Andrade é uma ofensa à Câmara Municipal, que o julgou por infrações administrativas. “Respeito a opinião de Japim, mas o trâmite da Câmara foi legítimo”, declarou.

Para Grandizoli, um dos maiores erros de Japim foi ter inchado a máquina pública com cargos comissionados, principalmente por pessoas de fora da cidade. “O município não tem condições de ter tantos cargos comissionados. Vamos promover a diminuição de comissionados e analisar o corte de secretarias”, informa.

O novo prefeito também informa que um dos motivos que levaram a sua ruptura política com o governo de Japim foi a influência do político Durval Orlato dentro da administração política, como chefe de governo.

“Não concordava com a prática administrativa dele, que era irresponsável”, acusa. O novo chefe do Executivo diz que seu maior objetivo no momento é “pacificar o município”, dando sequência ao governo com austeridade fiscal e um choque de gestão.

Uma das primeiras mudanças será extinguir a recém-criada Fundação da Saúde, que foi aprovada pela Câmara para administrar o Hospital de Clínicas. “Nossa proposta é criar um consórcio intermunicipal para gerir o hospital”, diz o prefeito.

Comente esta matéria 2 comentários
Valdir 13/09/2017 11:36:52
Não vai ser bom prefeito (com Riberto junto, vixe) em lugar nenhum, mas só de tirar esse Durval já prestou.
Claudete 14/09/2017 15:21:27
Gostaria de saber sobre o asfalto da estrada de ivoturucaia,aquela estrada está horrível.
Seu telefone e e-mail NÃO serão publicados!
* Campos obrigatórios! (caracteres restantes: 1000)
Li e estou de acordo com os termos e condições de uso do portal.
Outras notícias sobre POLÍTICA LISTAR TODAS
JORNAL DE JUNDIAÍ
política de privacidade anuncie conosco
editorias



Empregos e Concursos
Especiais


Motor
Mundo
Opinião
Polícia
Política
Repórter JJ
Turismo
cidades
Jundiaí
Região
entretenimento

Cultura & Lazer
Théo Faz & Acontece
esportes
tv jj



Notícias
Periscope


grupo jj
Fale Conosco
Repórter JJ
Quem Somos
Expediente
Anuncie
Assine o Jornal
Gráfica JJ
Termo e
Condições de Uso
2014 © Jornal de Jundiaí - Todos os direitos reservados.
Acesse:
Projeto Gráfico: Marcelo Savoy | Desenvolvimento: //sithes.com