REGIÃO
Jundiaí, 20 de janeiro de 2018
08/01/2018 12h41 - ATUALIZADA

Artesp faz fiscalização e multa 29 de 31 ônibus da Rápido Luxo Campinas; maioria por atraso

Niza Souza
csouza@jj.com.br
© Arquivo/Jornal de Jundiaí
*Atualizada em 08/01 às 18h45

A Agência Reguladora de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp) multou 29 dos 31 veículos da Rápido Luxo Campinas fiscalizados nesta segunda-feira (08), durante operação realizada das 6h às 13h no terminal de embarque intermunicipal na avenida Jundiaí, onde a empresa opera as linhas para Cajamar, Jordanésia, Polvilho, Jacaré e Itupeva.

De acordo com balanço da operação, divulgado pela assessoria de imprensa da Artesp no final da tarde de hoje, a maioria das multas foi devido a atrasos. Mas também foram multados veículos com declaração de vistoria vencida, por falta de alguns itens de segurança, como extintor de incêndio e pneus carecas, e não cumprimento de horários de partida.

Segundo a Artesp, a fiscalização em Jundiaí está sendo reforçada para atender às reclamações dos usuários e garantir a segurança das viagens. A agência informa ainda que em 2017 aplicou 359 multas à Rápido Luxo Campinas.

As reclamações dos serviços prestados pela empresa em Jundiaí não são novidade. No ano passado, o JJ Regional publicou diversas reportagens relatando os problemas. A Prefeitura de Campo Limpo Paulista, um dos municípios atendidos pela empresa, também já aplicou mais de R$ 2,5 milhões em multas à empresa nos últimos anos.

Paciência
Quem depende do transporte público lamenta que a fiscalização e as multas não tenham efeito prático. O vendedor Deco Rocha da Costa mora em Jordanésia, mas diz que precisa vir regularmente para Jundiaí. “Quando posso venho de carro, mas às vezes, como hoje, não consigo. Daí tem que ter paciência. Tem dia que a gente espera mais de uma hora pelo ônibus”, conta.

A diarista Josefa Felícia, também de Jordanésia, trabalha em Jundiaí e afirma que os atrasos são constantes. “Hoje, por exemplo, atrasou tanto que perdi a hora de entrar no serviço. Eles aumentaram o preço da passagem e diminuíram os carros”, reclama. “Tem muita gente que acaba optando pelos carretos, que são clandestinos, mas acabam salvando nossa vida.”

Em nota, a Rápido Luxo Campinas informa que está ciente da fiscalização e já recebeu as notificações. Agora, a empresa afirma que vai verificar caso a caso os problemas apontados para definir o que será feito.

Reclamações
A Artesp reforça a preocupação do órgão com a segurança dos passageiros e com a qualidade do serviço prestado. E frisa que os usuários podem ajudar a melhorar o sistema registrando queixas e sugestões junto à Ouvidoria pelo telefone 0800-7278377 ou pelo e-mail: ouvidoria@artesp.sp.gov.br. Todas as reclamações são apuradas pela fiscalização da agência.

Comente esta matéria 13 comentários
Marcel Cazz 08/01/2018 14:27:18
Pelo jeito não estão pagando mais as propinas.
Marcus 08/01/2018 15:36:18
É tantos controlando tantos, que ao final ninguém sabe o que se controla. Por que esse governador mandrake de SP não estimula a criação de transportes ferroviários? A empresa das 3 Mentiras ( Não é Rápido, Não é de Luxo e Nem é de Campinas) já devia ter saído de circulação faz tempo. Mas, sabe como são as coisas. Nada como uma caixinha para o leitinho das crianças que não resolva qualquer impasse, afinal de contas, agora entra a corrida atrás do ouro para o devido patrocínio de campanhas milionárias. Vamos torcer para o $$ deixar de ser moeda de troca. Ao invés de multa, por que não suspensão das atividades por "x" dias? Ou se educa o transito ou continuaremos estimulando a picaretagem. Lamentável.
CELSO 08/01/2018 15:37:04
Outro transporte coletivo de quinta categoria. Não é de luxo, não é rápido e sei lá se é de Campinas.
Marcos 08/01/2018 16:07:45
Onde serão gastos esse dinheiro das multas?Será revertido em benefício para os usuários?
Mailton Lima 08/01/2018 16:22:24
Boa tarde.

Não só multou como não permitiu viagens de algumas linhas e horários, eu por exemplo fiquei prejudicado com o recolhimento da linha Jundiai x Itupeva ( Via Chaves ) do horário das 6:45, ocasionando atrasos no expediente de trabalho.
Fernandinho 08/01/2018 16:59:20
Deveria fiscalizar também os amarelinhos ( Leme, três irmão e jundiaiense) que estão assaltando com o preço da passagem e péssimo serviço prestado, ônibus sucateados.
Leonardo Dias 08/01/2018 18:23:08
Fiquei com inveja agora, pois aqui em Jundiaí a "gestão" não multa os atrasos e todos passamos aperto de andar em carro lotado!
Gilson Paulo Camargo 08/01/2018 22:47:08
Boa noite creio que está na hora de se aplicar multas mais severas para fazer eles sentirem o drama.
A empresa deita e rola faz o que quer porque as multas não estão fazendo efeito.
Eduardo 09/01/2018 09:11:19
Aplicar multa não resolve, tem que tirar a concessão de uma vez e colocar outra empresa
Elenilza Santos Cerqueira 10/01/2018 08:59:28
Tem outra empresa que a tarifa é cara e o serviço prestado não vale pelo que se paga a moratense em Francisco Morato.
Elizabete Lopes de assis 10/01/2018 09:20:24
Precisam fiscalizar tb outras linhas.como por exmplo varzea paulista jundiai.promeca jundiai.tiram ônibus da linha não colocam aviso.mudam horários e não colocam aviso .ônibus sai da garagem já atrasados.agente liga lá e eles simplesmente dizem foram pegos de surpresa assim como nós. Quando vc consegui falar com alguém. Principalmente final de semana ou véspera de feriados ou intervalos de feriados entre sexta feira e sábados.é pouco caso com passageiros.
Lázaro 13/01/2018 10:41:13
Faltou informar se foi guinchados já que menciona que foram multados por pneus carecas!
Só em Cpo Lpo Pra foi multado em 2 milhões fora estas multas! Estão vendo como a tarifa pode ser menor pois se tem dinheiro para pagar tantas multas! Ou no final bdas contas estas multas não precisam ser pagas?
Lázaro 13/01/2018 10:44:22
Precisam fiscalizar e multar os amarelinhos "velozes e furiosos" também!
Aqui na rua motoristas acreditam estar em Interlagos!
Se pegar um carro seguir e filmar estes ônibus é cada barbaridade!
Seu telefone e e-mail NÃO serão publicados!
* Campos obrigatórios! (caracteres restantes: 1000)
Li e estou de acordo com os termos e condições de uso do portal.
Outras notícias sobre REGIÃO LISTAR TODAS
JORNAL DE JUNDIAÍ
política de privacidade anuncie conosco
editorias



Empregos e Concursos
Especiais


Motor
Mundo
Opinião
Polícia
Política
Repórter JJ
Turismo
cidades
Jundiaí
Região
entretenimento

Cultura & Lazer
Théo Faz & Acontece
esportes
tv jj


Na Ponta da Língua
Notícias
Periscope
Salão Duas Rodas

grupo jj
Fale Conosco
Repórter JJ
Quem Somos
Expediente
Anuncie
Assine o Jornal
Gráfica JJ
Termo e
Condições de Uso
2014 © Jornal de Jundiaí - Todos os direitos reservados.
Acesse:
Projeto Gráfico: Marcelo Savoy | Desenvolvimento: //sithes.com