RUAS DE BRINCAR

Infância é foco de novos programas em Jundiaí

Quem passar na manhã desta sexta-feira (7) pelo calçadão da rua Barão de Jundiaí a caminho do trabalho, da escola ou das compras natalinas encontrará um cenário inusitado, com brincadeiras e intervenções culturais gratuitas em frente ao Museu Histórico e Cultural – Solar do Barão, que, inclusive está prestes a reabrir ao público. As atrações começam às 10h e marcam o lançamento de dois novos programas da Prefeitura de Jundiaí: “Comitê das Crianças” e “Ruas de Brincar”.

As novidades integram o “Cidade das Crianças”, programa municipal com foco na implementação de políticas públicas que deem protagonismo às crianças e prezem pelo direito à brincadeira (não só das crianças, mas também daqueles que um dia já foram).
O prefeito Luiz Fernando Machado destaca o trabalho em conjunto entre as unidades de gestão da prefeitura para viabilizar os programas.

“A implantação do ‘Cidade das Crianças’ é uma realidade graças à gestão por plataformas que implementamos em janeiro de 2017. O programa é resultado de uma parceria entre a unidades de Esporte e Lazer e o Instituto Alana, em abril deste ano, e da adesão à Rede Latino Americana – Projeto Cidade das Crianças, em outubro, por meio das unidades de de Cultura e de Planejamento Urbano e Meio Ambiente”, explica.

Os programas
A implantação do “Comitê das Crianças” atende à exigência da rede e consiste num grupo de 24 crianças entre 9 e 11 anos que se reunirá mensalmente para discutir e deliberar propostas e políticas públicas que atendam às necessidades dos pequenos no município. Os encontros serão realizados Complexo Fepasa e o prefeito participa do primeiro e último encontros, para dar início aos trabalhos e escutar as propostas, respectivamente.

O comitê deve iniciar as atividades em fevereiro, com o retorno das aulas, e será composto, através de sorteio, por seis representantes de cada vetor da cidade. Já o programa “Ruas de Brincar” consiste na regulamentação de ruas cujos moradores tenham interesse em fechar o acesso aos finais de semana para que as crianças possam brincar, livres do tráfego de veículos.

O gestor da Cultura, Marcelo Peroni, explica que a iniciativa faz parte do conceito e do olhar da administração para a infância. “Jundiaí é o primeiro município do Estado a aderir à Rede Latino Americana e, com essas ações, sai na frente e busca dar às crianças autonomia para utilizar os espaços públicos de forma lúdica. Queremos que as crianças e as famílias se apropriem da cidade em que vivem e voltem a brincar nos espaços públicos.”

Alinhada com as propostas da “Cidade das Crianças”, a Unidade de Cultura promete levar uma surpresa para diversos locais da cidade nos próximos dias: amarelinhas pintadas em espaços inusitados, a fim de torná-los adequados para as crianças e de incentivar que os adultos se permitam o direito de brincar.

COMENTE

Loading Facebook Comments ...

Comente

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *