POLÍCIA

Polícia Civil detém três pessoas por diversos crimes no Jardim Novo Horizonte

O 5º Distrito Policial de Jundiaí, localizado no Parque Eloy Chaves, deteve três homens acusados de envolvimento com a venda de drogas e armas, e de praticarem assaltos na região do Jardim Novo Horizonte. Mandados de busca e apreensão para as residências do trio, que não teve o nome divulgado para não atrapalhar o restante das investigações, foram concedidos pelo Poder Judiciário a pedido do delegado titular da unidade, Osvaldo Roberto Cândido, cuja equipe de policiais encontrou narcóticos e um revólver calibre 38.

Munições intactas e deflagradas também foram apreendidas, reforçando ainda mais os indícios conseguidos pelo setor de inteligência do 5º DP (Roberto, Aparecido, Helena, Ivanildo, Thiago e Fábio) da atuação do trio em roubos a residências e comércios, e não apenas no tráfico de entorpecentes. De acordo com a unidade, foram achados ainda nos imóveis – com apoio de agentes do Canil da  Guarda Municipal – um rádio transmissor (HT), usado geralmente por traficantes para avisar sobre a chegada da polícia em pontos de venda (biqueiras), dinheiro e material para fracionar e embalar drogas. Recibos de depósitos bancários também foram apreendidos, incluindo para uma conta de uma agência em Foz do Iguaçu, na divisa com o Paraguai. Todos os objetos foram levados à unidade e catalogados pela equipe de escrivães (Roberta, Rodrigo e Paulo), sob a supervisão da escrivã-chefe Vanusa.

CLIQUE AQUI E VEJA OUTRAS NOTÍCIAS NO PLANTÃO POLICIAL

Investigação
Conforme revelaram os policiais do 5º DP, o trio já vinha sendo investigado há cerca de cinco meses, principalmente por denúncias anônimas feitas à unidade de que um deles, além de ser “gerente” de um ponto de tráfico, aliciava menores de idade para a venda dos narcóticos. A prática é comum atualmente, já que adolescentes, por sua condição perante a lei, não recebem a mesma pena de adultos, que podem ser condenados a até 15 anos de reclusão por tráfico, além do pagamento de multa ao estado. As denúncias também davam conta de que tal pessoa agia com dois comparsas, algo que foi confirmado durante diligências feitas no bairro, explicou o investigador-chefe Roberto. De acordo com o policial, o 5º DP trabalha agora para concluir o caso e colocar atrás das grades todos os envolvidos nos crimes.

Números
De janeiro a maio deste ano, 97 inquéritos policiais foram instaurados pelo 5º DP para apuração dos mais variados delitos. A unidade também registrou boletins de apreensão de 22 veículos, roubados e furtados, além de 53 ocorrências de tráfico de drogas e 15 de porte ilegal de entorpecentes. Os números são da Secretaria de Segurança Pública (SSP) de São Paulo e revelam que 11 boletins de ocorrência de apreensão de armas foram feitos no período, que teve ainda 35 autuados de prisão em flagrante lavrados. No total, o 5º DP foi responsável por prender em flagrante 43 pessoas, além de recolher outras 17 por força de mandados de prisão decretados pela Justiça.

COMENTE

Loading Facebook Comments ...

Comente

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *