Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Bar é lacrado após denúncia de pancadão

SIMONE DE OLIVEIRA | 07/05/2019 | 05:00

Equipes da fiscalização do comércio, Polícia Militar e Guarda Municipal (GCM) de Várzea Paulista interditaram na manhã de ontem um estabelecimento na avenida Pacaembu, na Vila Real, depois de uma blitz na noite de sábado. Som alto, carros pelas ruas próximas ao local, além de venda de drogas e permanência de menores dentro e fora da casa foram o estopim para a blitz.

A medida foi tomada após diversas orientações ao comerciante em relação ao barulho e horário de funcionamento do bar. Mesmo após as notificações, o número de denúncias aumentou, até culminar na interdição.

O gestor executivo da Fazenda do município, João Pedro Cremaschi, afirma que a realização dos pancadões já diminuiu bastante no local, mesmo assim a parceria entre a PM, GCM e fiscalização do comércio continuam de forma preventiva. “A ação é a continuidade de inúmeras outras que estamos realizando desde o início de 2018. A população local não suporta mais o barulho e a baderna, por isso essas ações são essenciais para garantir a tranquilidade do bairro”, diz o gestor.

Durante a fiscalização do último domingo foram encontrados drogas, carros sem placas, além de um número maior de pessoas dentro de estabelecimento do que permitido por lei. O proprietário deve pagar uma multa que varia de R$ 500 a R$ 2 mil.

Além da multa foi aberta uma ação civil pública que será submetida a avaliação da promotoria. Caberá à justiça ordenar ou não a reabertura do local, mas segundo informações da administração municipal, a pressão popular poderá impedir que isso ocorra. Os proprietários já contrataram um advogado para acompanhar e representá-los. Até lá o bar deverá permanecer fechado.

FISCALIZAÇÃO
De acordo com o 49º Batalhão de Polícia Militar do Interior, por intermédio do efetivo da 3ª Cia, este ano, até a última sexta-feira, foram realizadas 36 operações na avenida Pacaembu. As ações preventivas são realizadas em parceria com a fiscalização do Comércio da Prefeitura de Várzea Paulista.

A Prefeitura informa que o combate ao pancadão é realizado todos os finais de semana e, quando há denúncias durante a semana, no dia seguinte, são tomadas as medidas cabíveis.

A população pode colaborar fazendo denúncias na Ouvidoria Municipal, quando os comércios estiverem irregulares ou perturbando. Caso a reclamação seja relacionada a uma residência particular ou atividade na rua, a denúncia deve ser realizada junto a Polícia Militar.

A Prefeitura segue a lei estadual da perturbação do sossego alheio – Decreto-Lei Nº 3.688/41. O alvo tem sido todos os comércios, sem exceção, que devem ser fechados até às 22hs. Quando há carros e motos irregulares, os condutores são autuados.

Em Jundiaí, a Guarda Municipal atua em apoio aos demais órgãos de segurança pública e setores envolvidos em fiscalização: sempre orienta ao denunciante que o mesmo deve registrar Boletim de Ocorrência de Perturbação ao Sossego junto ao Distrito Policial.

T_varzea2


Link original: https://www.jj.com.br/regiao/bar-e-lacrado-apos-denuncia-de-pancadao/
Desenvolvido por CIJUN