POLÍTICA

Servidores públicos de Itupeva se manifestam contra reajuste salarial

Os servidores públicos de Itupeva estão protestando contra a proposta de reajuste salarial oferecida pela prefeitura da cidade. Cerca de 150 funcionários se reuniram em frente ao Paço Municipal na manhã de ontem para protestar e, segundo o diretor do Sindicato dos Servidores Públicos de Itupeva (SindServ Itupeva), Carlos Serrano, a situação pode piorar hoje. A prefeitura informa que não houve nenhum prejuízo ao atendimento público dos munícipes, mas o sindicato diz que as aulas foram suspensas pela manhã, o que a prefeitura nega.

Serrano diz que também paralisação hoje a partir das 7h. “Pode ser que tenha mais dias de manifestação”, diz. A prefeitura lançou um comunicado dizendo que apresentou três propostas diferentes durante as negociações e que as três foram recusadas pelo sindicato. Diante da situação, a Prefeitura de Itupeva decidiu aplicar um reajuste inflacionário de 2,76% e um abono de R$ 160 aos vencimentos. Segundo a nota, todas as propostas levaram em conta a situação econômica do país e da cidade – que possui dívidas – e o equilíbrio das contas municipais.

O sindicato, porém, demanda também um reajuste no vale-refeição dos funcionários que viajam para outros municípios, o fim do desconto aos servidores que deixam o trabalho para realizar consultas médicas e um reajuste também no auxílio-combustível. “Cada servidor paga uma porcentagem diferente por este auxílio. Se você não dá o reajuste, alguns vão pagar do próprio bolso”, diz Serrano. Ele alega, ainda, que a prefeitura continua contratando e dando aumento a cargos comissionados, apesar da situação econômica da cidade.

Atualizado 12h13: a Prefeitura de Itupeva informa que cerca de 50 manifestantes se reuniram hoje de manhã no Paço Municipal e protestaram por cerca de 2h. A administração ainda ressalta que nenhum serviço deixou de ser prestado à população.

Foto: Gazeta de Itupeva

COMENTE

Loading Facebook Comments ...

Comente

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *