Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Várzea Paulista apresenta equilíbrio fiscal após 6 anos

SOLANGE POLI | 01/05/2019 | 05:02

Em coletiva de imprensa realizada ontem à tarde, no auditório do Centro de Artes e Esportes Unificados (CEU), o prefeito de Várzea Paulista, Juvenal Rossi, apontou as principais medidas para que o município alcançasse o equilíbrio fiscal, saindo de um déficit de quase R$ 80 milhões em 2012, para um superávit de mais de R$ 13 milhões em 2018.
Rossi também falou sobre investimentos importantes em andamento nas áreas de saúde e saneamento, destacando obras como a do Córrego Bertioga e reformas de unidades de saúde, além da regularização fundiária para imóveis da Vila Real.
“Não estou aqui para enaltecer meu governo, mas sim uma cidade antes desacreditada. Estamos vivendo hoje um novo momento, colocando valores fundamentais à frente, vencendo conceitos e preconceitos, com respeito aos recursos e ao dinheiro público. Hoje os números nos credenciam”, afirmou o prefeito, citando a redução na folha de pagamentos de comissionados, de R$ 840 mil em 2012 para R$ 725 mil seis anos depois. O prefeito enalteceu o apoio dos funcionários públicos nesses resultados, com mérito à somatória de pessoas e esforços.
Segundo o gestor de Planejamento e Inovação, David Alexandre, foi uma intensa mobilização para reduzir gastos e equilibrar as finanças do município. “O déficit em 2102 era de R$ 78,61 milhões, com um cenário caótico, enquanto em 2018 saltamos para R$ 13,08 milhões positivos, o que nos permitiu estabilidade nos pagamentos, maior poder de negociação, acesso a financiamentos e investimentos, além de maior eficiência da máquina pública, com medidas que permitiram a Várzea Paulista alcançar o ajuste fiscal. Esperamos acelerar ainda mais os benefícios, sempre com uma gestão transparente, melhorando a receita e mantendo a eficiência”, disse o gestor.
David lembrou ainda que entre as medidas destacaram-se a renegociação de contratos como de coleta de lixo e transporte, além do congelamento de salários de servidores comissionados. “Quem sofreu as consequências com o desequilíbrio fiscal foram principalmente os munícipes, servidores públicos e fornecedores”, lembrou.
A gestora de finanças Marli Ramos também reforçou a importância do esforço conjunto. “Com planejamento e garra continuamos enfrentando os desafios, para assim garantirmos uma boa estabilidade. Rodolfo Braga, vice-prefeito e gestor de Educação, agradeceu a participação e empenho de todos no cumprimento de metas e prazos, com responsabilidade e consciência para chegar aos números apresentados.

T_juvenal


Link original: https://www.jj.com.br/regiao/varzea-paulista-apresenta-equilibrio-fiscal-apos-6-anos/
Desenvolvido por CIJUN