Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Anatel fecha 25 emissoras de rádios clandestinas na Grande São Paulo

Da redação | 20/09/2019 | 16:02

Agentes de fiscalização da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), com apoio da Polícia Militar de São Paulo, fecharam 25 rádios clandestinas na grande São Paulo. Entre outras irregularidades, as emissoras ilegais ainda interferiam na comunicação entre pilotos de avião e a torre de controle do Aeroporto Internacional de Guarulhos.

As rádios funcionavam na Serra da Mata Fria, entre as cidades de São Paulo e Mairiporã. Os fiscais apreenderam também quase uma tonelada de cabos de energia. Três pessoas foram presas. A operação aconteceu depois de reclamações de interferência no controle de tráfego aéreo do Aeroporto de Cumbica, que fica a 10 km do local.

A atividade clandestina de telecomunicação é crime previsto na Lei 9.472/97, artigo 183. O Código Penal também prevê o delito em seu artigo 336. Um dos meios para se denunciar uma rádio ilegal é entrar em contato com a Anatel pelo telefone 1331. A ligação é gratuita de qualquer localidade do país e o atendimento funciona de segunda à sexta-feira, nos dias úteis, das 8h às 20h.

Após a operação, o tudoradio.com recebeu relatos de ouvintes que perceberam uma melhora significativa nas condições do espectro FM de São Paulo. Segundo os ouvintes de rádio que entraram em contato com a redação, era possível captar rádios da região de Campinas e também da Baixada Santista em alguns pontos da capital, pelo fato de o dial FM local estar menos congestionado em várias faixas.


Link original: https://www.jj.com.br/brasil-e-mundo/anatel-fecha-25-emissoras-de-radios-clandestinas-na-grande-sao-paulo/
Desenvolvido por CIJUN