Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Câmara não vota feriado em São Paulo

| 18/06/2014 | 20:39

A Câmara dos Vereadores de São Paulo não votou o projeto encaminhado pelo prefeito da cidade, Fernando Haddad (PT), para que fosse decretado feriado na próxima segunda-feira, 23, quando haverá o jogo da seleção brasileira contra Camarões, em Brasília; o jogo da Holanda e Chile, no Itaquerão; e a volta do feriado de Corpus Christi.

Isso ocorreu por falta de quórum, uma vez que seria necessária a presença de pelos menos 28 vereadores no plenário, mas apenas 27 parlamentares se apresentaram para a votação. Na manhã de quarta-feira (18), o prefeito pediu que a Câmara reconsiderasse o projeto de lei que dava ao Executivo autonomia para decretar feriados na capital paulista em dias de jogos.

Haddad se mostrou preocupado com o caos que poderá ocorrer no trânsito na cidade na segunda-feira diante da combinação dos três eventos. O vereador Marco Aurélio Cunha (PSD) argumentou que o trânsito na cidade de São Paulo ocorre todos os dias nos horários de pico. “Eu mesmo gasto uma hora e meia quando vou ao Morumbi”, disse, acrescentando não fazer sentido o governo dizer que o grande legado da Copa será a melhora da economia e o prefeito pedir para fechar tudo aquilo que vende.

“Tiveram mais de 20 meses para pensar nisso, porque só agora querem decretar feriado?”, questionou. Cunha ironizou, dizendo que só falta daqui para frente decretar feriado na véspera de feriados “para que a população possa viajar sem trânsito”.


Link original: https://www.jj.com.br/brasil-e-mundo/camara-nao-vota-feriado-em-sao-paulo/
Desenvolvido por CIJUN