Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Cenipa começa a investigar acidente com avião que caiu em SP

DAS AGÊNCIAS | 30/11/2018 | 19:03

O acidente com o avião de pequeno porte que caiu hoje (30) pela manhã em uma área residencial próxima ao aeroporto Campo de Marte, em São Paulo, começou a ser investigado. Segundo o Corpo de Bombeiros, pelo menos as duas pessoas que estavam a bordo do Cessna Aircraft C-210, prefixo PR-JEE, morreram. Outros 12 ficaram feridas.

A apuração está sendo feita pelo Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa), que abriu um processo de coleta de dados, com a retirada de partes da aeronave para análise, documentos e relato de pessoas sobre o acidente. Segundo a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), a aeronave pertence a Fernando Matarazzo, corresponde a um monomotor de seis lugares e estava com certificado de aeronavegabilidade e inspeção anual de manutenção regulares.

‘Mais um pouco morria’, diz resgatada de casa em chamas após queda de avião em SP

No momento em que um avião de pequeno porte caiu no bairro Casa Verde, zona norte de SP, na tarde desta sexta (30), a aposentada Neusa Umile Bovolenta, 76, e o marido João Bovolenta, 83, estavam na sala de casa terminando o lanche da tarde.
“Um bifinho no meio do pão”, quando o estrondo seguido de espessa fumaça preta invadiu o cômodo. Os idosos, que esperavam o programa do Datena, correram para a casa dos fundos do terreno onde morram, de onde viram tudo queimar.

Casa atingida por avião de pequeno porte que caiu na zona norte de São Paulo Reprodução/TV Globo Reprodução da TV Globo de avião de pequeno porte que caiu na zona norte de São Paulo “Não tem mais casa. Acabou tudo”, diz Neusa. “Era uma casa feita com amor. Tudo na madeirinha, no chão, no teto, as telhas…” Ela e o marido não conseguiram fugir do incêndio. Eles só foram resgatados quando os bombeiros apagaram o fogo. “Pegaram a gente no colo. Se eles demorassem um pouquinho mais a gente morria.” O medo de Neusa agora é não repetir o infarto que teve há pouco tempo. “Tô bem”, disse para a médica do Samu. Sua pressão arterial estava em 15 por 10. “Meu normal é 12 por 8. Dá para pegar os remédios lá em casa?”, questionou.

Agência Brasil

Agência Brasil


Link original: https://www.jj.com.br/brasil-e-mundo/cenipa-comeca-a-investigar-acidente-com-aviao-que-caiu-em-sp/
Desenvolvido por CIJUN