Acervo

Covid-19: Mais de 500mil casos no mundo


O número de infectados pelo novo coronavírus em todo o mundo já passa de 500 mil. A contagem rompeu a barreira do meio milhão na tarde desta quinta-feira, 26, segundo dados atualizados em tempo real pela Universidade Johns Hopkins, dos Estados Unidos. São 22.993 vítimas fatais da covid-19 entre 510 108 pacientes, com uma taxa de letalidade global de 4,5%. A China ainda é o país com maior número de casos, com 81.782, mas deve ser ultrapassada a qualquer momento pela Itália (80.539), que já está no topo da lista de mortes - 8.165. Enquanto os asiáticos passam por grande desaceleração no número de novos pacientes, os europeus vivem situação preocupante. Quarta com mais casos (56.197), a Espanha é a segunda no número de óbitos, com 4.145. Estados Unidos O cenário também é bastante grave nos Estados Unidos, onde houve uma escalada considerável do coronavírus na última semana. Os casos já totalizam 75.233, e o número de mortes passou de mil nesta quinta. O epicentro do surto americano está em Nova York, que já teve 280 vítimas fatais. China A China, berço do novo coronavírus, fechará temporariamente suas fronteiras para estrangeiros com visto ou autorização de residência devido à pandemia do novo coronavírus (covid-19), anunciou o Ministério das Relações Exteriores do país. "É uma medida provisória que a China é forçada a tomar para lidar com a epidemia", afirmou a chancelaria em comunicado. A medida entrará em vigor às 0h de sábado (28), (13h de sexta-feira, (27), no horário de Brasília). Há exceções para quem viaja em missões diplomáticas e aos portadores de visto tipo "C", emitido a estrangeiros envolvidos na prestação de serviços de transporte internacional. Índia Começou na quarta (25) a quarentena generalizada imposta na Índia, o segundo país mais populoso do mundo, com 1,3 bilhão de pessoas. A medida é uma resposta para a pandemia de covid-19 no país, que já soma mais de 600 casos confirmados e 10 mortes. Na Índia, a maioria das fábricas e escritórios e todas as escolas, universidades e estabelecimentos não abrirão.

Notícias relevantes: