Acervo

Estudante some ao entrar em rio de Belém


Um estudante de 22 anos desapareceu na noite de sexta-feira (19) no rio Guamá, na ilha do Combu, em Belém (PA), durante uma festa organizada por alunos da Universidade Federal do Pará. Quem estava no local pediu ajuda por meio do Facebook e os bombeiros foram avisados pelo fotógrafo Luiz Sepeda, que viu o recado na rede social e ligou para a corporação.

“Ajuda. Quem puder chamar os bombeiros... Um rapaz foi levado pela correnteza na ilha do Cumbú”, escreveu Danielle Ryakyushi Parebelomonte na rede social. Segundo informações do Corpo de Bombeiros, o estudante Erison Luã Gonçalves entrou no rio para nadar junto com uma amiga e não foi mais visto. A amiga conseguiu sair, mas Luã sumiu.

Quatro mergulhadores foram até o local e fizeram buscas das 19h45 às 21h. O trabalho foi suspenso porque durante a noite é grande o número de embarcações no rio, o que torna o local perigoso para a equipe de mergulho. Os bombeiros voltaram ao local na manhã de ontem para tentar encontrar o estudante.

Segundo o tenente Jedalias Monteiro, do Corpo de Bombeiros, o rio tem profundidade de seis metros e é estreito, mas tem forte correnteza. Os bombeiros costumam fazer alertas sobre o rio, que não é próprio para nadar. “O Guamá fica em frente à universidade e é comum ter festas e eventos ali”, afirmou Monteiro. A família do estudante foi avisada.


Notícias relevantes: