Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Ex-diretor da Petrobras volta para a prisão

| 11/06/2014 | 18:09

O juiz Sérgio Moro, da 13ª Vara Federal de Curitiba, determinou nesta quarta-feira (11) a prisão do ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa. Ele foi solto no dia 19 de maio, mas retornou à prisão após o Supremo Tribunal Federal (STF) validar as provas da Operação Lava Jato, da Polícia Federal (PF), e determinar que as ações penais oriundas da investigação fossem devolvidas à Justiça Federal. Costa foi preso pela PF no Rio de Janeiro, onde mantém residência, e será transferido para Curitiba.

Na decisão, Moro diz que o Ministério Público da Suíça informou que foram descobertas naquele país contas bancárias no valor de US$ 29 milhões. Segundo o órgão, foram identificadas 12 contas em bancos suíços sob o controle de Costa, suas duas filhas, genros e de um funcionário do doleiro Alberto Yousseff. Deste total, De acordo com o Ministério Público suíço, US$ 23 milhões pertenceriam a Costa.


Link original: https://www.jj.com.br/brasil-e-mundo/ex-diretor-da-petrobras-volta-para-a-prisao/
Desenvolvido por CIJUN