Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Exército não deve atuar durante protestos em São Paulo

| 03/06/2014 | 11:28

Os 4 mil homens das Forças Armadas que estarão em São Paulo para a Copa do Mundo não vão atuar em manifestações, segundo o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo. Na manhã desta segunda-feira (2) ele se reuniu no centro de monitoramento da Copa, no Bom Retiro, região central da capital, com o secretário estadual da Segurança Pública, Fernando Grella Vieira, e outras autoridades das Polícias Civil, Militar, Federal e do Exército.

“Eles ficarão atuando de maneira integrada. É evidente que a atividade de policiamento e repressão de ilícitos é da Segurança Pública. As Forças Armadas atuam de forma suplementar”, afirmou Cardozo. Para que o Exército faça as mesmas atividades que a Polícia Militar, o governador Geraldo Alckmin (PSDB) teria de pedir autorização para a presidente Dilma Rousseff.


Link original: https://www.jj.com.br/brasil-e-mundo/exercito-nao-deve-atuar-durante-protestos-em-sao-paulo/
Desenvolvido por CIJUN