Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Fim do horário de verão divide opiniões pela cidade

Vinícius Scarton - redacao@jj.com.br | 17/02/2018 | 07:41

O horário de verão termina neste domingo (18), a partir da 0h, quando os brasileiros das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste deverão atrasar o relógio em uma hora. Tal mudança divide opiniões nas ruas de Jundiaí.

O comprador técnico Robson Barbosa diz que aproveitava mais o seu dia ao longo do horário de verão. “O período é propício para algum tipo de lazer ou afazer doméstico, pois o dia fica mais extenso. No entanto, não tenho uma preferência, pois me adapto facilmente aos dois.”

A analista de recursos humanos Caroline Santos afirma que sofre com o princípio da alteração. “Essa mudança é ruim para o meu organismo. Eu demoro um pouco para assimilar a alteração, mas entendo como algo necessário, em virtude da nossa economia.”

Já o engenheiro de vendas, Ricardo de Toledo não gosta do horário de verão. “Eu prefiro o horário convencional, pois quando acordo o sol já está presente e o entardecer é rápido.”

Já a dona de casa Celina Pires ressalta que está contando os minutos pela mudança. “Estou ansiosa pela alteração, pois no horário convencional acordarei com o dia claro e isso contribui para o meu organismo.”

Pouca economia
O horário de verão tem como finalidade reduzir o consumo de energia elétrica entre 18h e 21h. “A avaliação dos atuais impactos na redução do consumo e da demanda de energia elétrica, contida nos estudos realizados no ano de 2017 pelo Operador Nacional do Sistema (ONS). em conjunto com o Ministério de Minas e Energia (MME), mostra que a adoção do horário de verão traz atualmente resultados próximos da neutralidade para o sistema elétrico”, escreveu o ministério em nota, em outubro do ano passado.


Link original: https://www.jj.com.br/brasil-e-mundo/fim-do-horario-de-verao-divide-opinioes-pela-cidade/
Desenvolvido por CIJUN