Acervo

Fortes chuvas causam 28 pontos de alagamento em SP


A forte chuva que atingiu São Paulo no início da madrugada desta segunda-feira (4) provocou 28 pontos de alagamentos, sendo três deles intransitáveis, e deixou toda a capital paulista em estado de atenção para transbordamentos. Segundo o CGE (Centro de Gerenciamento de Emergências Climáticas), a instabilidade que começou na Baixada Santista, no litoral sul, ganhou força e por volta da 1h se deslocou em direção à capital. Os primeiros bairros a serem atingidos foram Parelheiros e Capela do Socorro. O estado de atenção se estendeu as zonas oeste, sudeste e Marginal Pinheiros por volta das 2h e minutos depois atingiu toda a capital paulista. As precipitações variaram entre moderada e forte intensidade. O aeroporto de Congonhas chegou a registrar rajada de ventos de 51km/h e por causa da chuva amanheceu operando com restrições. Durante a madrugada cinco vias alagaram e ficaram intransitáveis. Entre elas, na zona sul a avenida Interlagos, na altura do número 1329, e a avenida Senador Teotonio Vilela. Na zona leste, entre a rua Falchi Gianini e a avenida Anhaia Mello. E na região sudeste a rua Ribeiro Lacerda e a avenida Professor Abraão de Morais. Também na zona sul, o Córrego Ipiranga teve risco de transbordamento às 2h40. Por volta das 3h30 o Córrego do Lajeado, na zona leste, encheu e alagou a região. No início da manhã desta segunda, o CGE já registrava 25 pontos de alagamentos nas regiões norte, centro, oeste, leste, sul e sudeste. Sendo seis deles transitáveis. Já o corpo de bombeiros recebeu sete acionamentos para quedas de árvores. [caption id="attachment_7306" align="aligncenter" width="960"](Foto: João Vilela/Leitor) (Foto: João Vilela/Leitor)[/caption] &

Notícias relevantes: