Acervo

Mulheres fazem ato em frente ao TJ


Um grupo de mulheres fez ontem (1) uma manifestação em frente ao Tribunal de Justiça de São Paulo, na praça da Sé, contra uma ação que pede a anulação da sentença do ex-médico Roger Abdelmassih, 70, que está preso na penitenciária de Tremembé.

O recurso será julgado por ao menos três desembargadores do tribunal na tarde de hoje (2). Condenado a 278 anos de prisão por 48 crimes sexuais contra 37 mulheres, o ex-médico foi detido em agosto, no Paraguai, após mais de três anos foragido.

As vítimas temem ainda que Abdelmassih consiga o benefício da prisão domiciliar alegando problemas de saúde. O ex-médico completará 71 anos no dia 3 de outubro.


Notícias relevantes: