Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

“Não há risco de caminhoneiros pararem novamente”, garante Ministério da Segurança Pública

DA AGÊNCIA BRASIL | 02/06/2018 | 04:55

O Ministério da Segurança Pública descartou a hipótese dos caminhoneiros voltarem a paralisar suas atividades após terem suas principais reivindicações atendidas e encerrarem o movimento que durou 11 dias. O boato de que a categoria organizaria uma nova paralisação ganhou força a partir do compartilhamento de mensagens pelo WhatsApp. Segundo a assessoria da pasta, o ministro Raul Jungmann determinou que a Polícia Federal apure os objetivos de quem espalhou o boato.

Raul Jungmann, ministro da Justiça. (Foto: Rodrigo Pozzebom/ Agência Brasil)

A investigação ocorrerá no âmbito dos inquéritos já instaurados para apurar a paralisação e a suspeita de envolvimento de empresários na condução dos protestos que, inicialmente, tinham como motivação a alta do preço dos combustíveis, mas logo incorporaram outras demandas à pauta de reivindicações. “Prosseguem as investigações sobre as ações com cunho político.

A PF e demais órgãos de segurança seguem mobilizados, investigando possíveis infiltrações no movimento (dos trabalhadores)”, informou o ministério. Em entrevista à Rádio Jornal, do Recife, o ministro disse já ter conversado sobre o assunto com o ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), Sérgio Etchgoyen. O serviço de inteligência já identificou de onde partiram as mensagens. “Quero deixar claro que não existe esta articulação para refazer o movimento e retomar a paralisação”, afirmou o ministro da Segurança.


Link original: https://www.jj.com.br/brasil-e-mundo/nao-ha-risco-de-caminhoneiros-pararem-novamente-garante-ministerio-da-seguranca-publica/
Desenvolvido por CIJUN