Acervo

Reforma da Previdência não prevê transição para servidores mais antigos


A proposta de reforma da Previdência não prevê transição para servidores da União mais antigos. Se a PEC for aprovada pelo Congresso, quem ingressou no serviço público até o fim de 2003 terá que cumprir uma idade mínima de 65 anos, se homem, e 62 anos, se mulher. Essa exigência valeria imediatamente após a promulgação da PEC. Esses servidores têm direito à integralidade do salário na aposentadoria e aos mesmos reajustes concedidos aos que permanecem na ativa. Para manter esses direitos, os servidores mais antigos terão que cumprir a idade mínima. Esse é um dos temas mais polêmicos para os funcionários públicos, que têm forte lobby no Congresso. T_senado

Notícias relevantes: