Cultura

Adeus ao eterno James Bond

ÍDOLO Sean Connery morreu ontem, na sua casa nas Bahamas, aos 90 anos


DIVULGAÇÃO
O mais emblemático personagem de Ian Fleming, Sean Connery
Crédito: DIVULGAÇÃO

Famoso por viver o primeiro James Bond da história do cinema, o ator Sean Connery morreu na manhã de ontem (31), aos 90 anos, em sua casa nas Bahamas. Sir Sean Connery foi o James Bond mais icônico e aplaudido da série do superagente, mas brilhou ainda em "O Nome da Rosa", "Os Intocáveis e como o pai de "Indiana Jones".

Um Bond que quase não sorria. Assim Connery se firmou no papel e alçou a série ao sucesso. A primeira vez que disse "Bond, James Bond" foi em "007 contra o Satânico Dr. No". Deixou a franquia depois de cinco episódios e no auge do sucesso internacional. Foi substituído pelo australiano George Lazenby em 1969. A troca foi um fracasso, e os executivos convenceram o escocês a retornar em "007 - Os Diamantes São Eternos", de 1971, com um adiantamento de US$ 1 milhão.

Até 2012, quando foi lançado "007 - Operação Skyfall", dois dos filmes estrelados por Connery eram os líderes em bilheteria dentro da franquia. Em valores corrigidos pela inflação, "Chantagem Atômica" e "Goldfinger" superaram US$ 1 bilhão de faturamento.

Em sua trajetória, o primeiro James Bod das telonas chegou a receber um Oscar em 1988 por seu papel em "Os Intocáveis", além de dois prêmios Bafta e três Globos de Ouro.

Nove anos depois o Oscar, a rainha da Inglaterra teve de se deslocar até a Escócia para conceder ao ator o título de "sir". Muito justo pelos serviços prestados a Sua Majestade como James Bond. Connery se vestiu com o típico kilt para receber a honraria. Que ficasse claro, para Elizabeth 2ª e para o mundo que ele continuaria a defender a independência da Escócia.

O mito de Sean Connery triunfou sobre o mito de 007. Desde então, aos poucos, discretamente, já podia se afastar de um cinema que já não tinha papéis para um ator como ele e viver sua aposentadora nas Bahamas, onde morreu em sua casa, em 31 de outubro de 2020, enquanto dormia.


Galeria de Fotos


Notícias relevantes: