Cultura

Bacurau é indicado ao Spirit Awards


Divulgação
O longa concorre com outros quatro ao Oscar do cinema independente
Crédito: Divulgação

"Bacurau" vai concorrer ao troféu de melhor filme internacional no Independent Spirit Awards, marcado para 22 de abril.

A premiação, considerada o Oscar do cinema independente, anunciou nesta terça (26) seus indicados, num vídeo apresentado pela atriz Laverne Cox, o diretor Barry Jenkins e a atriz e diretora Olivia Wilde.

O longa concorre com outros quatro filmes: "The Disciple", da Índia, "Night of the Kings", da Costa do Marfim, "Preparations to be Together for an Unknown Period of Time", da Hungria, e "Quo Vadis, Aida?", da Bósnia e Herzegovina.

Esta é a segunda vez que Kleber Mendonça Filho, que assina a direção do longa com Juliano Dornelles, é indicado ao prêmio. Em 2017, "Aquarius" concorreu na mesma categoria, mas perdeu para o alemão "Toni Erdmann".

"Bacurau" foi cotado para representar o Brasil na corrida pelo Oscar no ano passado, mas foi desbancado por "A Vida Invisível", de Karim Aïnouz. Este passou pela primeira etapa de seleção da categoria, mas acabou ficando de fora da cerimônia.

Outro brasileiro, menos conhecido, também apareceu entre os indicados. O ex-publicitário paulista Edson Oda, natural de Mogi das Cruzes, disputa a categoria de melhor longa de estreia com "Nine Days".

Assim como aconteceu com outras premiações do cinema, a edição de 2021 do Spirit Awards precisou ser adiada devido à pandemia de coronavírus. Em função do reagendamento, o evento não manterá a tradição de acontecer às vésperas do Oscar e, desta vez, será realizado três dias antes e on-line.

A edição do ano passado da láurea foi disputada por uma série de vencedores e indicados que passaram despercebidos em outras premiações.


Notícias relevantes: