Cultura

Espetáculo on-line começa hoje (28)


Divulgação
Dulce Muniz descreve a relação dela com o diagnóstico da doença
Crédito: Divulgação

O espetáculo gravado "Trinta Anos esta Noite ou O Espelho Negativo", com Dulce Muniz, fica disponível ao público a partir deste domingo (28), às 19 horas e prossegue ate dia 2 de abril, pelas redes sociais do Teatro Studio Heleny Guariba.

No solo, a atriz descreve a relação dela com o diagnóstico de Síndrome de Fibromialgia e transita por momentos marcantes de sua vida que conversam com a história da sociedade brasileira.

Em 2005, Dulce Muniz foi diagnosticada com a síndrome que provoca dores intensas nos músculos, tendões e ligamentos. Além disso, a fibromialgia pode gerar sintomas como fadiga, insônia e também depressão. O primeiro passo foi buscar por conhecimento e também por ajuda.

No mesmo ano, concebeu e estreou "Trinta Anos esta Noite ou O Espelho Negativo" no dia 12 de maio, Dia Mundial de Combate à Fibromialgia. As dores que passam pelo corpo vão além daquelas sentidas por Dulce. No monólogo, a atriz coloca como tema central a dor feminina, com todas as suas manifestações e simbolismos.

Há ainda a dor em perder pessoas queridas durante o período da ditadura militar. E perpassa por sua biografia a história dos indígenas e dos escravos, formando uma linha do tempo que escancara problemas estruturais e leva o público até os incômodos e as problemáticas do mundo atual, em meio à pandemia da covid-19.

Desde a infância até os dias de hoje, com 73 anos, a atriz conta a sua história com o intuito de compartilhar e levar para o coletivo suas reflexões. Em um cenário composto por uma mesa pequena, uma cadeira, um cabideiro e uma vitrola, Dulce encena no palco uma vida que é dela e também é do Brasil. Os discos, fitas e CDs que incluem artistas como Chico Buarque e Billie Holiday.

YouTube

https://www.youtube.com/channel/UCzRSD7MNYl-1qXZZE4T7GIQ/videos

 


Notícias relevantes: