Cultura

Artistas começam temporada virtual

SERAFINA Vídeo-dança é montado graças a pesquisas dos próprios artistas


Divulgação
O espetáculo em vídeo-dança "Serafina" começa temporada virtual
Crédito: Divulgação

A partir de hoje (4), às 19h, artistas apresentam o espetáculo virtual em vídeo-dança "Serafina", pelo Facebook.

O projeto começou a ser criado em fevereiro de 2020. Foi nesse período que o grupo, formado pela bailarina Larissa Turtelli, a diretora Graziela Rodrigues, o músico José Augusto Mannis e a produtora Mariana Floriano, passou quinze dias na região de Santarém, no Pará, onde fez diversas pesquisas de campo. O fruto destas pesquisas, que a princípio resultariam em um solo para ser apresentado ao vivo, tornou-se o vídeo-dança "Serafina".

O trabalho foi criado dentro do método Bailarino-Pesquisador-Intérprete (BPI), um processo de pesquisa, de criação e de ensino em dança desenvolvido por Graziela Rodrigues a partir de 1980 e em constante atualização pela sua criadora e por outros artistas que formam o Núcleo BPI.

O foco das pesquisas de campo foi as buscas pelas histórias e corporificações dos encantados que habitam as águas e florestas e que se manifestam de diferentes maneiras. Existem, por exemplo, aqueles que aparecem nos terreiros de tambor de mina e aqueles que são guardiões de determinados locais da natureza, como uma ponta de areia, um igarapé ou uma parte da floresta.

A partir de intensos ensaios, Graziela e Larissa criaram o roteiro do trabalho, que traz os vários corpos e estados de corpo de Serafina, como o barco largo e o vazio, a saga de criar novos corpos a partir daquilo que restou, o canto, a dança e a festa, assim como a luta e as forças femininas que vêm dos primórdios e continuam nos dias de hoje. A trilha sonora é assinada pelo músico José Augusto Mannis, compositor e professor-titular do Instituto de Artes da Unicamp.

Facebook

facebook.com/teatroflavioimperio


Notícias relevantes: