Cultura

Escola feminista lança editora


DIVULGAÇÃO
A Editora As Pensadoras busca espaço para as mulheres na literatura
Crédito: DIVULGAÇÃO

A Escola de formação feminista e de estudo do pensamento de mulheres As Pensadoras lança a Editora As Pensadoras. O livro de estreia já está em fase de pré-venda on-line e faz parte da coleção "As Pensadoras", dedicada à difusão da produção acadêmica sobre o pensamento teórico-prático de mulheres. O livro será oficialmente lançado em 16 de junho, em versão física e e-book.

Idealizada em 2020 pela filósofa e coordenadora da Escola As Pensadoras, Rita Machado, a editora tem o objetivo de registrar o conhecimento construído na Escola, ampliar o espaço para publicações produzidas por mulheres e democratizar o acesso às produções.

A Editora As Pensadoras é uma alternativa ao mercado editorial tradicional, ampliando a diversidade. "Editar livros, definir o que e quem publica, como e quando publicar, é um exercício de poder. Nesse contexto, a Editora As Pensadoras posiciona-se e identifica-se nas frentes que buscam rupturas e reinvenções", explica Rita Machado.

A proposta da editora é contrapor dados da realidade editorial brasileira e abrir espaço para as mulheres. A pesquisa coordenada pela professora Regina Dalcastagnè (UnB), que analisou romances publicados pelas principais editoras do país entre 1990 e 2004, mostra que autores do sexo masculino eram maioria na época, com 72,7%.

A OBRA

O livro reúne nove artigos produzidos por mulheres. Os textos contemplam aspectos do pensamento de Hannah Arendt, Adriana Cavarero, Seyla Benhabib, Margaret Cavendish, Simone de Beauvoir, Angela Davis, María Lugones, Silvia Rivera Cusicanqui e Lélia Gonzalez.

Em breve, será disponibilizada a pré-venda do e-book, de R$ 39. A pré-venda do livro físico, que custa R$ 70, já está disponível no site https://www.aspensadoras.com.br/loja

 


Notícias relevantes: