Cultura

Série rebaixa covid a coadjuvante


DIVULGAÇÃO
Pandemia da covid não é mais centro das atenções na série 'Sob Pressão'
Crédito: DIVULGAÇÃO

A série 'Sob Pressão' (Globo) traz em sua quarta temporada iniciada nesta quinta-feira (12) a tensão que os fãs da série já conhecem. Apesar dos muitos doentes e poucos recursos, a esperança, sempre presente no enredo, deve vir com dose extra.

O autor da série, Lucas Paraizo, promete novos ares. "Queremos que a esperança seja o motor principal. Esperança em relação à saúde, em relação à vida e em relação à saúde no país", afirmou.

Isso não quer dizer que os perrengues que Evandro (Julio Andrade) e Carolina (Marjorie Estiano) costumam enfrentar diariamente vão sumir. A produção promete manter-se fiel aos problemas da saúde pública brasileira, além de trazer à tona assuntos polêmicos e indigestos.

Diversos temas virão à tona em meio à pandemia. O foco não estará na covid-19, agora rebaixada a coadjuvante. A equipe deixou o hospital de campanha do especial 'Sob Pressão - Plantão Covid', que foi ao ar no ano passado, e agora está em uma unidade de referência do Rio, focada na saúde em geral.

Para o diretor Andrucha Waddington, esse novo foco é importante, já que "emergências clínicas eletivas de certa forma ficaram apagadas no ano passado".

O destaque da temporada, no entanto, deve ficar para o segundo pilar da série, que se sustenta na saúde pública e na vida pessoal de seus personagens, em especial Evandro e Carolina. Após superarem a quase morte de Evandro no especial do ano passado, terão que superar um filho.

Os atores fogem de spoilers, mas afirmam que o casal protagonista tem tudo para superar essa crise. "O que me impressiona é a maturidade deles para resolver as coisas. Eu aprendo muito com eles", afirma Julio Andrade.

A série 'Sob Pressão' vai ao ar nas quintas, às 22h35.

(Folhapress)


Notícias relevantes: