Cultura

OMJ faz última Clínica de Música

TEATRO POLYTHEAMA Foco é a formação de jovens músicos de Jundiaí


DIVULGAÇÃO
Nesta segunda-feira (8) acontece a última Clínica de Música de Câmara
Crédito: DIVULGAÇÃO

Nesta segunda-feira (8), acontece a última Clínica de Música de Câmara para jovens músicos, promovida pela Orquestra Municipal de Jundiaí, sob coordenação da diretora artística e regente titular da orquestra, a maestrina Claudia Feres. A atividade acontecerá no Teatro Polytheama das 10h, às 12h.

A proposta da atividade é treinar os jovens músicos enquanto a Orquestra Municipal de Jundiaí (OMJ) não retoma a sua temporada de concertos no Teatro Polytheama. São atividades dedicadas à formação de jovens músicos e regentes.

Claudia Feres explica que é uma oportunidade de apresentar o repertório para outros músicos. "Durante a preparação de repertório, todo músico gosta de apresentar a seus pares o trabalho que vem desenvolvendo e, assim, ouvir os comentários, críticas e sugestões. E esta foi a nossa proposta desta clínica: dar a oportunidade para que eles se apresentassem e para que conheçam mais jovens músicos como eles. E o nível do trabalho apresentado está muito interessante".

A clínica também é uma forma de introduzir os objetivos da OMJ para o ano que vem. "A partir de 2022, a OMJ terá uma atuação ainda mais voltada para a participação de jovens músicos e essa já é uma primeira atividade nesse sentido. Queremos atrair os jovens músicos para futuras audições", diz Feres.

O público-alvo das Clínicas são os jovens estudantes de instrumentos de orquestra, de até 25 anos, que poderão se apresentar como duos com ou sem piano, a quintetos, já formados e com repertório definido. As vagas são de três grupos de câmara por sessão.

MAIS ATIVIDADES

Para o mês de dezembro está previsto ainda um workshop de Regência, para pessoas que já atuem frente a coros e grupos instrumentais e que queiram conhecer ou aprimorar seus conhecimentos das técnicas básicas de regência. A atividade será realizada no dia 06 de dezembro, também no teatro, para até dez regentes de coro ou grupos instrumentais, com grupos já formados e que tenham conhecimento de leitura de claves. As inscrições serão divulgadas em breve.


Notícias relevantes: