Cultura

Arquiteta de Jundiaí ganha segundo lugar em concurso


FLAVIA MEDINA DE OLIVEIRA ARQUITETA
Crédito: Reprodução/Internet
Com muita personalidade e inovação, a arquiteta de Jundiaí, Flávia Medina, ganhou o segundo lugar no concurso Rethinking The Future, na categoria residência privada. O tema do concurso é arquitetura inovadora, com soluções que agreguem um futuro melhor. O projeto da casa que Flávia fez concorreu com mais de dois mil inscritos e garantiu a arquiteta o título de única brasileira entre os ganhadores. Flávia conta que o projeto que levou o prêmio trata-se de uma casa pensada para um casal de Jundiaí, que solicitou uma residência de 600 m², com três pavimentos. “A residência está sendo feita em estrutura metálica, um dos diferenciais do meu trabalho, pois uso muito esse estilo. Acompanhei toda a parte da engenharia, para que as duas partes ficassem bem alinhadas”, conta. A partir do pedido do casal, a arquiteta viu a possibilidade de inscrever o projeto no concurso. “Esse prêmio se refere a novas tecnologias para o futuro e outros tipos de construção. No Brasil, o que mais vemos é estruturas de concreto, e nos últimos anos o uso do aço vem crescendo, isso é muito bom, pois resulta uma obra mais limpa e sustentável”, afirma. A CASA A casa possui três pavimentos. O primeiro é embaixo, uma garagem com academia. O segundo, que seria o térreo é sala de estar, cozinha integrada, escritório e quarto de hóspedes e no pavimento superior a suíte. Além disso, na área externa, a casa conta com uma piscina. A residência é inteira projetada em estrutura metálica, desde o pavimento inferior. O fechamento dos arrimos e o paisagismo foi feito com gabião (um tipo de grade aramada com pedras dentro). A parte interna é de drywall. Flávia revela que o prêmio foi uma surpresa. “Eu ia inscrever outro projeto em vez desse. Por uma confusão de horários não consegui escrever um texto tão detalhado, mas no fim deu certo. O reconhecimento internacional é algo muito importante para a carreira, ainda mais no ramo da arquitetura”, afirma.

Notícias relevantes: