Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Cinesolidário ‘traz’ Chico Xavier a Jundiaí

SIMONE DE OLIVEIRA | 08/12/2018 | 05:01

O documentário ‘Quando lembro de Chico’, produzido pela Pozati Filmes será exibido dia 16 de dezembro, às 10h30, em três salas do Moviecom do Maxi Shopping dentro do projeto Cinesolidário. Em parceria com a União das Sociedades Espíritas de Jundiaí (USE), Maxi Shopping, Moviecom, Prefeitura de Jundiaí e Conselho Municipal do Direito da Criança e do adolescente (CMDCA) o evento traz mais uma obra prima sobre a vida e obra de Chico Xavier. A entrada será 3 quilos de alimento não perecível.

O diretor de divulgação da USE Jundiaí, Pedro de Souza Neves Júnior comenta que esta semana o bispo dom Vicente Costa foi convidado a apoiar a iniciativa através das entidades assistenciais católicas que atendem voluntariamente os necessitados. Ele lembra que Chico Xavier não atendia pessoas de uma religião particular e quando distribuía alimentos atendia mais de 20 mil pessoas de cada vez mais no final da sua vida. “Estamos convidando todos de todas as religiões a doarem os alimentos não perecíveis para assistir um documentário onde se registra recordações de amigos que conviveram com Chico falando do ser humano extraordinário que ele foi”, convida Pedro.

Produzido pela Pozati Filmes, o documentário, segundo o produtor executivo Juliano Pozati, é mais do que um registro histórico da intimidade do homem eleito como o maior brasileiro de todos os tempos. Trata de um testamento audiovisual, não só dos exemplos de amor e fraternidade deixados por Chico, como dos frutos das sementes por ele espalhadas no coração de seus amigos mais próximos. “A Pozati Filmes reconhece em Chico Xavier um exemplo viável para todos os seres que partilharão o Mundo de Regeneração. Ao olhar para trás, com os amigos de sua intimidade, queremos levar nossa audiência em todo mundo a olhar para frente, descobrindo seu papel de protagonismo na construção da nova era”, declara.

Neves Júnior ainda reforça que trazer a Jundiaí um filme que fala sobre Chico Xavier é lembrar positivamente a figura que o médium representa. “Chico foi um grande exemplo de ser humano que demonstrou a todos nós que é possível ter uma vida com propósitos superiores e espiritualizados. Muito além do expoente de mediunidade que psicografou mais de 500 livros ao longo da vida ele exerceu uma enorme influencia em todos que conviveram com ele e que tiveram acesso ao conhecimento transmitidos pelas suas psicografias.”

Ele lembra que até o momento foram contabilizados mais de 50 milhões de exemplares vendidos em várias línguas inclusive. Todos os direitos foram vendidos para editoras espíritas. “Particularmente eu reputo que o sua maior contribuição foi a conduta perante o sucesso, a caridade ao atender a todos indistintamente e exercer a força que tem o exemplo de uma vida de trabalho digna e simples”, comenta. Os alimentos arrecadados com a troca de ingressos serão distribuídos a entidades assistenciais de Jundiaí e Região. Participam desta iniciativa as cidades de Itupeva e Louveira através de associados da Use Jundiaí.

O documentário será exibido em uma única apresentação no dia 16 de dezembro, às 10h30 nas salas 3, 4 e 5 do Moviecom no Maxi shopping. Saiba como participar em http://filmes.pozati.com/cinesolidario. Os ingressos online podem ser reservados no link http://pozati.iluria.com/pd-61bc97.

T_chico


Link original: https://www.jj.com.br/cultura/cinesolidario-traz-chico-xavier-a-jundiai/
Desenvolvido por CIJUN