Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Comédia musical invade o palco do Polytheama neste sábado (18)

DA REDAÇÃO | 18/08/2018 | 14:00

A comédia musical “O Som e a Sílaba” chega a Jundiaí neste sábado (18), às 20h30, no Teatro Polytheama. Com texto e direção de Miguel Falabella, o musical foi concebido especialmente para Alessandra Maestrini e Mirna Rubim, duas cantoras atrizes com registro lírico. O espetáculo conta a história de Sarah Leighton (Alessandra Maestrini), uma jovem com diagnóstico de autismo altamente funcional, uma savant, com habilidades específicas em algumas áreas, entre elas a música, e sua relação com Leonor Delise (Mirna Rubim), sua professora de canto.

A música vai unir essas duas mulheres e esse encontro mudará a vida de ambas. Sublime, tocante, emocionante, ri muito, de arrepiar. São alguns dos principais comentários que se ouvem ao final do musical, ou que chegam pelas redes sociais, do público maravilhado com o espetáculo, impressionado com as vozes de Alessandra Maestrini e Mirna Rubim. Recheado com árias, duetos e trechos de óperas, “O Som e a Sílaba” celebra o mistério da mente humana, com um texto terno, engraçado e comovente.

“O espetáculo é todo muito gostoso e aproxima o público. É cheio de humor, como tudo que Miguel e eu gostamos de fazer. Ao mesmo tempo, é extremamente delicado, poético e transformador, dada a trajetória tão rica e profunda da personagem central, Sarah, e de como isto também transforma – para muito melhor – a vida de Leonor (a professora de canto interpretada por Mirna)”, conta Alessandra, que volta aos palcos após uma breve pausa para participar do quadro “Show dos Famosos”, no Domingão do Faustão.

história
Sarah busca alguém que lhe ajude a dar algum sentido a sua vida. Com a morte dos pais, ela mora com o irmão casado, mas sente que não se encaixa na organização da casa, tem consciência de suas limitações nas relações pessoais e sabe que precisa romper as barreiras da síndrome para se ajustar ao mundo lá fora. Em sua busca por uma autonomia, ela lista suas habilidades, entre elas cantar. Ela sabe cantar.

“O elemento mais importante da relação entre Sarah e Leonor é o estabelecimento da empatia. Desse laço, se cria a relação de amizade, cumplicidade, respeito e profundo amor entre as personagens”, revela Mirna Rubim. “Gente como eu precisa de duas coisas na vida: de um trabalho e de alguém que lhe estenda a mão”, Sarah diz a Leonor ao se apresentar. Leonor, por sua vez, atravessa uma crise pessoal e profissional. “Este choque de anseios fará com que uma transforme a vida da outra, até que o público se pergunte quem, de fato, está ensinando quem”, comenta Alessandra.

“O Som e a Sílaba” tem cenário de Zezinho Santos e Turíbio Santos; a luz dramática de Wagner Freire complementa os figurinos de Ligia Rocha e Marco Pacheco que, juntamente com o visagismo de Wilson Eliodoro, constroem os cativantes personagens do musical. O design de som é de Mario Jorge Andrade. Os ingressos custam entre R$ 20 e R$ 30 e podem ser comprados pelo site Ingresso Rápido (www.ingressorapido.com.br) ou na bilheteria do teatro. Desconto com a apresentação do cupom publicado no Jornal de Jundiaí.


Link original: https://www.jj.com.br/cultura/comedia-musical-invade-o-palco-do-polytheama-neste-sabado-18/
Desenvolvido por CIJUN