Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Corpos artísticos celebram o ‘lugar de muitos espetáculos’

Mariana Checoni | 13/12/2019 | 09:00

Em grego, “Polytheama” significa “lugar de muitos espetáculos”. Para concretizar o significado e comemorar os 108 anos do teatro e os 364 de Jundiaí, os quatro corpos artísticos da cidade – Coral Municipal, Cia. de Teatro, Cia. Jovem de Dança e Orquestra Municipal, se unem nesta noite (13), às 20h, para apresentar o espetáculo “Clássicos em Movimento”. Amanhã (14) a apresentação será reprisada no mesmo horário.

Num diálogo entre diversas linguagens artísticas, os bailarinos e atores dão vida à pinturas famosas e os músicos e cantores aos clássicos natalinos e da escola barroca, integrando assim as artes nessa proposta multimídia. O som, a voz, o gesto, a cor, a luz, o espaço, o silêncio, a composição, o movimento e a pausa são utilizados para dar vida à expressão e a criação.

O espetáculo tem a concepção de Carla Candiotto (também responsável pela direção geral), Alex Soares, Claudia Feres e Vasti Atique, diretores dos corpos artísticos, e de Wagner Nacarato, diretor do Departamento de Teatros da UGC. Participam também como convidados especiais o Coral Madrigal Vivace de Jundiaí, o grupo Ars Antiqua e o barítono Vinícius Atique.

De acordo com Carla, a ideia da junção dos corpos artísticos foi uma vontade espontânea. “Cada corpo tem o seu planejamento e não tem nada mais gostoso do que se unir para festejar essa temporada de apresentações. Juntamos nossas forças para criar esse espetáculo”, conta.

O público irá se surpreender com as encenações e reproduções das telas e dos afrescos de grandes nomes renascentistas e barrocos, como Michelangelo, Caravaggio e Da Vinci, tudo isso ao som de repertório de peso, com canções natalinas e concertos barrocos, como Oratório de Natal de Bach, concertos de Händel e Vivaldi e os clássicos Gloria in Excelsis Deo e Adeste Fidelis.

“As coisas clássicas não morrem nunca. Essa arte une. Por isso o espetáculo chama “Clássicos em movimento”, pois é um movimento dos quatro corpos juntos para promover uma experiência única para o público”, explica a diretora geral.  Todos os artistas receberam esse espetáculo como um aprendizado. “Somos movidos pela nossa criação. Ela é o motivo de estarmos aqui. Criar para pessoas tão empolgadas e talentosas é ainda mais gratificante”, conta Carla.

O diretor da Cia. Jovem de Dança, Alex Soares ressalta a importância de um espetáculo como esse. “Poucas cidades possuem uma estrutura e um apoio tão grande à arte. Poder proporcionar em uma cidade como Jundiaí nos deixa muito felizes”, conta  “Hoje e amanhã será momento de celebrar. O aniversário da cidade, do teatro e acima de tudo o que nós fazemos. A arte”, completa Claudia Feres, diretora e regente da Orquestra Municipal de Jundiaí.


Link original: https://www.jj.com.br/cultura/corpos-artisticos-celebram-o-lugar-de-muitos-espetaculos/
Desenvolvido por CIJUN