Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Curta traz esperança em meio à peste

Das Agências | 23/06/2020 | 05:38

Um dia, Macondo amanheceu assolada por uma peste. A cidade imaginária inventada por Gabriel García Márquez e que é protagonista do romance “Cem Anos de Solidão” tinha perdido a capacidade de dormir. Por dias, os habitantes ficaram desesperados, tentando as mais diferentes técnicas e remédio –tomar chás antigos, repetir piadas, nada adiantava.

Até que se acostumaram a isso e seguiram a vida normalmente, mas se deram conta de que a peste da insônia trazia outra ainda pior, a do esquecimento. E foi preciso anotar em papeizinhos e etiquetar o nome de todos os objetos, escrever para que eles serviam, até mesmo as tetas das vacas. Nelas, se explicava: “daqui se tira leite, que deve se juntar ao café, para fazer café com leite”.

O diretor e produtor venezuelano Leonardo Aranguibel acaba de lançar, de forma gratuita, o curta- metragem “La Peste del Insomnio”. O filme pode ser encontrado no site da Fundação Gabo (fundaciongabo.org) e está disponível no Youtube.

Nele, mais de 30 atores latino-americanos leem trechos de “Cem Anos de Solidão” que descrevem a epidemia que põe Macondo em uma quarentena, parecida com a que boa parte do mundo vive hoje.
Estão na lista nomes como Ricardo Darín e Leonardo Sbaraglia (da Argentina), Alice Braga (Brasil), Andrés Parra (o Pablo Escobar da minissérie “El Patrón del Mal”) e Ana María Orozco (ambos da Colômbia), Hector Bonilla e Dolores Heredia (México), Rebeca Alemán (Venezuela), Luis Gnecco (Chile), entre outros.

As cenas dos atores lendo em uma espécie de jogral estão misturadas a imagens de cidades icônicas da região: Buenos Aires, Bogotá, São Paulo, Cidade do México, por exemplo. Nenhum integrante do projeto cobrou para participar, e o filme já tem mais de 300 mil visualizações na internet. Falado em espanhol, está disponível com legendas em inglês e português.


Link original: https://www.jj.com.br/cultura/curta-traz-esperanca-em-meio-a-peste/
Desenvolvido por CIJUN