Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Daniel celebra 20 anos de carreira solo

DA FOLHAPRESS | 22/06/2018 | 05:10

“O tempo voa. Nem senti direito todos estes anos passarem.” Assim o cantor Daniel analisa as duas décadas de sua carreira cantando sozinho, o que acontece desde a morte de João Paulo, em setembro de 1997, em um acidente de carro. Até o fim daquele ano, o sertanejo deu sequência aos trabalhos que faria com o parceiro para, no ano seguinte, iniciar a carreira solo e gravar seu primeiro disco. Daniel conta que nunca pensou em formar dupla com outro cantor. “Claro que a morte do João Paulo me abalou muito. No entanto, o amor pela música sertaneja e a ajuda que tive de pessoas próximas e do público me ajudaram a me reerguer.”

CLIQUE AQUI E CONFIRA OUTRAS ATRAÇÕES CULTURAIS DE JUNDIAÍ

Em agosto de 1998, Daniel lançou o primeiro álbum solo. O disco, que levava apenas o seu nome, emplacou os sucessos “Adoro Amar Você” e “Pra Falar a Verdade”. A esse disco se somaram mais 18, entre trabalhos ao vivo e em estúdio. E muitas canções entraram nas listas de mais tocadas, como “Te Amo Cada Vez Mais”, “Quando a Saudade Dói” e “A Jiripoca Vai Piar”. A resposta positiva do público, aliás, sempre esteve presente na carreira de Daniel -que em setembro chega aos 50 anos. “Mesmo com a situação atual do mercado, em que sucessos vão e vêm com velocidade absurda, acredito que tenha conseguido me estabilizar por manter o foco no meu som, não em ficar conhecido.”

Daniel segue na ativa e com planos de lançar um documentário, que já foi filmado. Ele também tem o objetivo de fazer um show apenas com músicas de Roberto Carlos. No fim do mês, o sertanejo ainda vai reunir os seus maiores sucessos em uma apresentação em Guarulhos, na Grande São Paulo. O show será no dia 29 de junho, às 21h, no Nosso Clube Vila Galvão, em Guarulhos. Os ingressos custam R$ 140. Mais informações pelo telefone (11)2451-8181.

DOCUMENTÁRIO

O cantor Daniel já apareceu em filmes, como “O Menino da Porteira” (2009). Participou também da novela “Paraíso” (Globo, 2009). Neste ano, o sertanejo deve voltar aos cinemas, mas em um papel diferente: o dele mesmo. Com duração de uma hora e dez minutos, o documentário “Daniel, 30 Anos de Estrada” já foi finalizado e espera uma data para ser lançado. “Buscamos, no filme, contar o essencial. Mas, ao mesmo tempo, é uma história bastante emocional. Quisemos retratar um pouco de todas as fases da vida dele”, explica o cineasta Jeremias Moreira, que também dirigiu “O Menino da Porteira”.

Moreira diz que uma das estrelas do filme é o pai de Daniel, José Camilo. “Ele foi uma figura importantíssima na formação musical do Daniel. Por isso é sempre citado em suas entrevistas”, revela. O documentário mostra imagens de Daniel no começo da dupla com João Paulo (1960-1997). “Contamos como foi a evolução deles. Tem cenas desde os primeiros shows, ainda com produção amadora, até as apresentações em grandes arenas e casas de shows”, explica Moreira. O parceiro de Daniel, inclusive, ganha uma homenagem do amigo já na abertura. Durante um show, ele se vira para a câmera e fala sobre a morte de João Paulo.

Daniel


Leia mais sobre | |
Link original: https://www.jj.com.br/cultura/daniel-celebra-20-anos-de-carreira-solo/
Desenvolvido por CIJUN