Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Encenação faz público refletir sobre preservação do meio ambiente

DA REDAÇÃO | 11/03/2020 | 09:00

Dá para imaginar diferentes personagens dos clássicos contos de fadas, todos juntos, numa mesma história, falando sobre a importância de cuidar do meio ambiente? Pois é exatamente isso que o projeto “Era Uma Vez nos Contos de Fadas” propõe ao público de Jundiaí hoje (11), em duas sessões, às 9h e às 14h30, na Associação Acolhimento Bom Pastor, localizada na Estrada Municipal do Varjão, 1641, Jardim Novo Horizonte.

Aprovado pela Lei de Incentivo à Cultura do Estado de São Paulo (Proac) através da Secretaria de Cultura e Economia Criativa, o projeto chega a cidade com patrocínio da Mahle, realização e organização de Patricia Henrique, Inova Esporte e Cultura, Perfectto Projetos, Lumax Produções, e apoio da Prefeitura Municipal de Jundiaí e apoio da Prefeitura Municipal de Jundiaí.

Com texto inédito, seis atores, mesclam música e dança em 50 minutos de apresentação buscando de forma lúdica mostrar a importância da preservação dos recursos naturais e incentivando ações necessárias para manter o meio ambiente.

SINOPSE
Certo dia, algo inesperado acontece: a água de todos os vilarejos dos contos de fadas acaba e os personagens ficam desesperados, sem saber o motivo. Alguns deles começam a sumir de onde moram e aparecem numa floresta do mundo real, a Amazônia.

Sem saber onde estão, encontram Mogi, um índio da floresta, que explica que eles foram escolhidos para defender a preservação da água, tanto nos contos de fadas, quanto no mundo real e, para isso, terão que decifrar as charadas que lhes serão entregues. Desta maneira, vão descobrir como preservar o meio ambiente, limpando o rio, reciclando lixos e impedindo que vilões acabem com a natureza.

CULTURA E SUSTENTABILIDADE
Antes de chegar a Jundiaí, o projeto passou por Arujá e seguirá para outras cidades do Estado de São Paulo. Indaiatuba, Jaguariúna, São Bernardo do Campo e Mogi Guaçu.

De acordo com a produtora cultural Patrícia Henrique, o objetivo da peça é buscar, através da cultura, criar uma ação de educação ambiental. “É importante conectar a arte com a sustentabilidade, utilizando conteúdos com foco no meio ambiente, promovendo conscientização e práticas que transformam”, destaca.


Link original: https://www.jj.com.br/cultura/encenacao-faz-publico-refletir-sobre-preservacao-do-meio-ambiente/
Desenvolvido por CIJUN