Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Fernando Pessoa é interpretado on-line

Da Redação | 18/07/2020 | 09:00

Por conta da pandemia do novo coronavírus os artistas continuam apostando nas interpretações on-line para não deixarem o trabalho de lado.

Concebido por Elias Andreato, o roteiro de “Pessoa”, peça exibida neste domingo (19). às 18h, pela plataforma Zoom, inventa um personagem, real em seu quarto, através da prosa e da poesia de Fernando Pessoa, do estado criativo do poeta e tem como centro O Marinheiro uma obra, minimalista, provocatória e verdadeiramente de vanguarda que nos dá a oportunidade de conhecer de onde vem a inspiração de Fernando Pessoa, que com 24 anos, escreveu em dois dias de outubro de 1913.

Dizem que é em O Marinheiro que revela a sua intuição e a sua visão daquilo que viria a ser a sua vida de artista, de tormento e de sofrimento. Acredita-se que o marinheiro descrito na obra seja o próprio Fernando Pessoa, concentrado na realidade e ação, no sonho de viver. É na verdade a primeira criação dos seus três heterônimos criados pelo poeta português, Ricardo Reis, Álvaro de Campos e Alberto Caeiro, sendo estes últimos objeto da maior parte dos estudos sobre a sua vida e obra.

A peça passeia pelos escritos dos três heterônimos e pelos do próprio poeta que dá título à essa emocionante “experiência” que vocês terão oportunidade de assistir virtualmente na interpretação de Elias Andreato.

Os ingressos estão a venda neste link e após a compra, o cliente recebe o acesso para assistir a peça. A classificação indicativa é 12 anos e a duração é 50 minutos.


Leia mais sobre | | |
Link original: https://www.jj.com.br/cultura/fernando-pessoa-e-interpretado-on-line/
Desenvolvido por CIJUN