Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Grupo Carmina toca peças da Idade Média

| 08/05/2014 | 10:46

Neste sábado (10), a partir das 20h, acontece no Conservatório Municipal ‘Alba Panzarin Degani‘ o Recital de Outono. A apresentação é aberta ao público e traz o Grupo Carmina interpretando músicas da Idade Média, Renascença e Barroco. O evento é uma promoção da Prefeitura de Itatiba.

“É função do poder público possibilitar o contato da população com as mais diversas manifestações culturais. Por isso, convido principalmente aqueles que não conhecem esse estilo musical para conferir a apresentação. Ter contato com o diferente possibilita um crescimento que engrandece nossa visão de mundo”, comenta o Prefeito João Fattori.

O Grupo Carmina iniciou suas atividades em 1989, e desde então manteve estável seu núcleo, formado por pela cantora Heloísa Petri, Abel Vargas (viola da gamba), Ana Cristina Rossetto e Marília Macedo (sopros) e Terezinha Saghaard (cravo), porém sempre buscando a colaboração de músicos convidados de acordo com os programas e ideias a serem desenvolvidos.

O flautista Bernardo Toledo Piza tem tido uma participação constante nos programas do grupo. São eles que escolhem o repertório, fazem os arranjos e elaboram o roteiro, até a concepção final das peças. São utilizados instrumentos de época, (cópias de originais): as flautas doces, a flauta transversal barroca, a viola da gamba e o cravo, cuja origem remonta ao século XIV.

O grupo lançou o CD ‘Na Trilha do Novo Mundo‘, pela gravadora CPC-UMES em 2006. No ano em que comemora 25 anos de existência, o grupo Carmina apresenta um programa com peças significativas em sua trajetória – músicas de diferentes tempos e lugares que fazem parte da trilha percorrida pelo grupo:

Martin Codax (trovador galego-português do século XII) – Ondas do Mar de Vigo; Anônimo (século XIII) – Estampie; Tradição oral sefaradita – Como la rosa en la guerta; Cancioneiro do Palácio (século XVI) – Meus olhos van per lo maré; Bernardo Pasquini (1637-1740) – Partite sopra la Aria della Folia da Espagna; Martin Codax / tradição oral, recolhida por Mário de Andrade em 1928-1929 – Ondas do mar de Vigo/  Rainha Encantada; Tradição oral – Bendito do Menino Jesus / Canção de Cego – Sereia do mar; Georg Friedrich Händel (1685-1759) – Lascia ch‘io pianga; Henry Purcell (1659-1695) – Fairy Queen – ‘Thus the Ever Gratefull Spring‘, Rondeau e ‘When I have often heard‘ – Chaconne – Three parts upon a ground; Johann Sebastian Bach (1685-1750) – Schafe können sicher weiden – aria da cantata BWV 208 e Hört doch der sanften Flöten Chor –  aria da Cantata BWV 206.

Recital de Outono – com o Grupo Carmina
Sábado, 10 de maio, às 20h
Local: Conservatório Municipal ‘Alba Panzarin Degani‘, Rua Rafael Ordine, nº 120, Jardim Tereza
Classificação: 10 anos
Aberto ao público


Link original: https://www.jj.com.br/cultura/grupo-carmina-toca-pecas-da-idade-media/
Desenvolvido por CIJUN