Cultura

Holandês Jozef van Wissem se apresenta no Sesc amanhã

T_Jozef van Wissen (1)
Crédito: Reprodução/Internet
Esta noite de quinta-feira promete uma experiência hipnótica para o público do Sesc Jundiaí. O telão do teatro vai exibir o filme de 1917, The Dying Swan (A morte do Cisne), do cineasta russo Yevgeni Bauer, e simultaneamente o lutenista holandês Jozef van Wissem vai sonorizar ao vivo as cenas da película. Jozef van Wissem é um compositor holandês radicado em Nova York que cria paisagens sonoras distintas misturando práticas musicais tanto da Vanguarda quanto do Barroco. Com uma abordagem pioneira do alaúde, Van Wissem extrapola os ditames acadêmicos do instrumento, forjando sua sonoridade em terrenos mais aventureiros. Já realizou concertos em igrejas, teatros e salas ao redor do mundo, incluindo festivais de rock como o Primavera Sound. O músico tem colaborações com o improvisador japonês Akiyama Tetsuji e com Gary Lucas, guitarrista da Magic Band de Captain Beefheart, além de assinar a trilha sonora de Amantes Eternos (Only Lovers Left Alive, 2014), filme do cineasta norte-americano Jim Jarmusch. Yevgeni Bauer foi um dos primeiros cineastas russos a fazer uso ativo de edição, mise-en-scène e enquadramento. Ele realizou mais de 70 filmes, dos quais apenas 26 foram preservados. Os filmes de Bauer tiveram um enorme impacto nos cineastas russos do início do século XX. 'After Death' e especialmente 'The Dying Swan' são amplamente considerados obras de arte. Serviço: Quando: Dia 16, quinta, 20h Onde: Teatro | 220 lugares. Quanto: R$ 9,00 (credencial do Sesc) | R$ 15,00 (meia-entrada) | R$ 30,00 (inteira) Classificação: 12 anos | R$ 9,00 | R$ 15,00 | R$ 30,00 Duração estimada: 60 minutos

Notícias relevantes: