Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Minissérie da Globo ‘Se eu Fechar os Olhos Agora’ estreia dia 15

FOLHAPRESS | 30/03/2019 | 08:30

A Globo estreia no dia 15 de abril uma nova superprodução, a minissérie em dez capítulos “Se Eu Fechar os Olhos Agora”. Com um elenco de estrelas que inclui Mariana Ximenes, Débora Falabella, Murilo Benício e Antonio Fagundes, a trama pode ser considerada um suspense policial com pegada de thriller psicológico.
Interpretada por Thainá Duarte, 23 anos, Anita é personagem central da história e destaque da minissérie. “Anita é uma jovem vulnerável e reservada, que vem de um passado muito simples. Ela se torna uma mulher cobiçada por homens e mulheres, mas carrega uma história de crueldade, solidão e racismo”, diz a atriz, que atuou na novela “I Love Paraisópolis” (2015) e no filme “Mundo Cão” (2016).
Na trama de Ricardo Linhares -que tem direção artística de Carlos Manga Jr.-, Anita é uma jovem que cresceu em um orfanato, mas foge para se tornar prostituta na cidade nos anos 1960, até ser assassinada em circunstâncias brutais. É a partir desse crime, que ocorre logo no primeiro capítulo, que se desenrola a história.
“É uma narrativa em que todos estão muito ligados. Dentro da trama a gente vai descobrindo isso. Foi a primeira vez que eu morri, mas tomamos cuidado porque não é uma simples morte. Tem muito drama e também muita ação.”
Na série, a personagem Anita chega a se casar com um dentista muitos anos mais velho. “Tudo o que ela quer é arranjar um marido. Então ela acha que esse homem é a salvação dela, que vai mudar a vida dela, mas não é bem assim. Não é um romance”, antecipa a atriz.

CONSAGRADOS
O roteiro se apressa em estabelecer que o véu de hipocrisias anunciado já nos primeiros diálogos (o prefeito vivido por Murilo Benício chega a usar a frase “bela, recatada e do lar” em uma das cenas) está frágil. Não é só uma questão de não estar falando a verdade, mas de não estar sendo verdadeiro. A primeira-dama de Debora Falabella, a ex-miss de Mariana Ximenes, o assustador padre de Jonas Bloch.
Todos estão usando uma segunda pele e a que está por baixo é feia, cheira mal, é mofada, o que se correlaciona perfeitamente com o filtro levemente esverdeado que se imprime em todas as cenas. Aquela cidade é tomada de musgo.
Misterioso, introspectivo, e com um passado obscuro. Assim é Ubiratan, personagem de Antonio Fagundes em Se Eu Fechar Os Olhos Agora. Segredos e crimes fazem parte do universo da nova minissérie da Globo, que estreia na segunda, 15/4. Ninguém é o que parece, e de acordo com Fagundes, Ubiratan não pretende se revelar para qualquer pessoa.
“Ele tem uma tristeza, uma amargura, um sofrimento que acho impossível de apagar pelas coisas que ele passou, que são muito difíceis de esquecer”, adianta Fagundes.

BASEADA EM LIVRO
A minissérie é baseada no livro homônimo de Edney Silvestre que conta a história do assassinato de Anita mudando as vidas dos adolescentes Paulo (João Gabriel D”Aleluia) e Eduardo (Xande Valois).
Depois de se depararem com o corpo da jovem, os dois resolvem investigar o crime por conta própria. Toda a história é contada a partir das lembranças de Paulo, interpretado por Milton Gonçalves na fase adulta. Outros crimes acontecem ao longo da trama, ameaça o jogo político e social da pequena cidade fictícia de São Miguel.
No elenco estão ainda Gabriel Braga Nunes, Betty Faria, Antônio Grassi, Enzo Romani, Lidi Lisboa, Vitor Thiré, Gabriel Falcão, Marcela Fetter, entre outros.


Link original: https://www.jj.com.br/cultura/minisserie-da-globo-se-eu-fechar-os-olhos-agora-estreia-dia-15/
Desenvolvido por CIJUN