Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Nova temporada de ‘Batalhas das Malas’

| 11/06/2014 | 00:10

Todos os dias, 40 bilhões de dólares viajam pelo mundo na forma de bagagens. 1% dessa quantia sofre extravio ou simplesmente é deixado para trás pelos donos – o que acontece com essas bagagens perdidas? Quando não procuradas, elas integram o acervo de leilões disputados por verdadeiros profissionais nesse tipo de arremate.

A terceira temporada de “Batalha das Malas” (“Baggage Battles”) estreia nesta quarta-feira, às 20h40, e acompanha a rotina de quatro especialistas em leilões: Billy Leroy, Mark Meyer e o casal Lawrence e Sally Martin. Onde houver um leilão de caixas e malas com conteúdo desconhecido, esses quatro caçadores de tesouros se encontrarão para disputar as melhores ofertas lance a lance, blefe a blefe.

O primeiro dos novos episódios começa com a comunidade em polvorosa: colecionadores, donos de lojas de antiguidades e os oponentes de “Batalha das Malas” comparecem a um leilão em Red Hook – vizinhança de milionários em Nova York.

Todos apostam que o antigo dono da casa onde o leilão acontece esqueceu uma mina de ouro no porão: antiguidades de todo tipo, de moedas antigas, obras de arte e helicóptero aeromodelo, até armas que supostamente teriam sido usadas na Segunda Guerra Mundial.

Alguns itens do leilão estão abertos, fáceis de se ver. Outros estão guardados em caixas e bolsas, exatamente ao estilo “Batalha das Malas”: dentro delas pode haver um tesouro escondido ou uma velharia sem valor nenhum. O mistério maior do episódio de estreia fica por conta de uma caixa onde se lê “30 dúzias de ovos”.

O conteúdo chama atenção dos especialistas da série e todos passam um bom tempo tentando descobrir se o que está à venda são ovos podres ou Fabergé. Além da habilidade de profissionais tarimbados, eles contam com sexto sentido e sorte.


Link original: https://www.jj.com.br/cultura/nova-temporada-de-%c2%91batalhas-das-malas%c2%92/
Desenvolvido por CIJUN