Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Parque da Uva recebe ‘Encontro das Tribos’ neste domingo (21)

DA REDAÇÃO | 20/10/2018 | 14:03

Neste domingo (21), a partir das 13h, o Parque Comendador Antônio Carbonari, o Parque da Uva, recebe o festival Encontro das Tribos, que traz para Jundiaí os shows de Criolo e Mano Brown. As apresentações começam às 13h30, com o rap brasiliense da Tribo da Periferia, formada por Duckjay e DJ Bolatribo.

Em seguida, às 14h30, a galera do Ponto de Equilíbrio sobe ao palco com seu reggae contagiante. A banda é uma das principais referências do reggae no Brasil e fenômeno de público desde sua criação, no ano de 1999. Formado por Helio Bentes (vocal), Pedro “Pedrada” Caetano (baixo), Márcio Sampaio (guitarra), Tiago Caetano (teclado), Lucas Kastrup (bateria) e Marcelo Campos (percussão), o grupo já lançou 4 discos e um DVD ao vivo.

Às 15h, é a vez dos rapazes do Amanajé mostrarem seu som inspirado na cultura sound system original jamaicana. A banda é formada por Gabriel Gehlen (Gaúcho), Gustavo Gasparini (Isis), Lucas Barreto (Raggnomo), Felipe de Castro (Goiano) e Alvaro Humberto (Alvin), que são hoje uma das principais referências deste movimento de música popular em São Paulo, e em expansão a todo o país.

A banda Mato Seco, de São Caetano do Sul, sobe ao palco às 17h e vai mostrar os maiores sucessos que marcaram sua história, como “Resistência”, “Tudo Nos é Dado”, “Caminho da Luz” e “Pedras Pesadas”. Formado por Rodrigo Piccolo (vocal e guitarra), Eric Oliveira (guitarra), Osvaldo Ciziniaukas Jr.(contrabaixo), João Paz (órgão e piano), Tiago Rezende (bateria), Carlos Eduardo Gonçalves (percussão e voz) e Mauro Peres (percussão e voz), o Mato Seco vem há 16 anos trazendo letras bem elaboradas com mensagens positivas

Às 18h30, o público recebe o rapper paulistano Mano Brown, vocalista dos Racionais MC’s e autor de canções de sucesso, como “Vida Loka I”, “Vida Loka II”, “Negro Drama” (com Edy Rock), “A Vida é Desafio”, “Jesus Chorou”, “Da Ponte pra Cá”, “Capítulo 4, Versículo 3”, “Tô Ouvindo Alguém Me Chamar”, “Diário de um Detento”, “Fim de Semana no Parque” (com Edy Rock), entre outras. Os paulistanos do Maneva sobem ao palco às 19h40, trazendo seu reggae com influências de MPB, rock, rap, jazz, dub e soul. O grupo é formado por Diego (percussão), Tales (voz), Fabio (bateria), Fernando (baixo) e Felipe (guitarra).

E para encerrar a noite, o rapper Criolo mostra para o público jundiaiense os grandes sucessos que marcam a sua carreira artística. Paulistano, Criolo começou a participar de disputas de rap em 1989. Em 2004 começou a publicar gravações caseiras de suas músicas em sua página no Myspace. Em 2006, lançou seu primeiro álbum de estúdio, intitulado “Ainda Há Tempo” e fundou a Rinha dos MC’s, que existe até hoje.

Em 2009 gravou um DVD ao vivo, que foi colocado à venda em 2010, chamado “Criolo Doido Live in SP”.[2] No fim do ano, Criolo lançou os singles “Grajauex” e “Subirusdoistiozin”, gravadas em estúdio, com produção de Marcelo Cabral e Daniel Ganjaman, e com instrumentos como guitarra, baixo, piano e trompete, dando indícios de uma pequena modificação de seu estilo.

Em 2011 lançou seu segundo disco, “Nó na Orelha”. No disco, o cantor diversificou os ritmos de rap com vários outros, como a samba-rock, afrobeat e reggae fusion. Este disco teve excelente recepção pela crítica (inclusive estrangeira). Com o disco, Criolo foi um dos campeões de indicações ao Video Music Brasil 2011 da MTV, sendo indicado nas categorias Videoclipe do Ano, com “Subirusdoistiozin”, Artista do Ano, Álbum do Ano, com “Nó na Orelha” (venceu), Música do Ano com “Não Existe Amor em SP” (venceu), e como Banda ou Artista Revelação (venceu).

Foto: divulgação

Foto: divulgação


Link original: https://www.jj.com.br/cultura/parque-da-uva-recebe-encontro-das-tribos-neste-domingo-21/
Desenvolvido por CIJUN