Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Paulista nega estádio para atração LGBT

MARIANA CHECONI | 12/11/2019 | 18:08

O ‘Rúcula – Festival de Artes’, que seria realizado no estádio Jayme Cintra nos dias 23 e 24 de novembro, foi cancelado. De acordo com a organização, o Paulista Futebol Clube manifestou desconforto em relação a uma das atrações, de orientação LGBT, e, seguindo o estatuto, não poderia ceder o estádio. Por conta disso, os organizadores cancelaram o evento.

O festival contava com aproximadamente 30 atrações, de diferentes gêneros, linguagens, estilos musicais e raças. Isso significa para o ‘Rúcula’ uma preocupação com a representatividade.

“Reiteramos que esse festival preza de forma absoluta e inquestionável pela pluralidade e multiplicidade, discordando dessa postura. Assim, em respeito aos artistas, público e demais envolvidos, o Rúcula se nega a acatar esta interferência em nossa curadoria, ainda que isso custe-nos a não cessão do uso do estádio”, afirma a nota.

Segundo o presidente do clube, Rogério Levada, a organização do evento solicitou o espaço e este foi cedido gratuitamente, contanto que não houvesse qualquer manifestação de religião, raça, política e orientações sexuais.

“O estatuto não foi respeitado. Eles optaram pelo cancelamento do evento como um todo. A decisão foi dos organizadores. Nós apenas solicitamos que se cumprissem o acordo, em obediência ao estatuto do clube”, afirma.

Levada ressalta que o clube não é homofóbico, não é religioso, não tem raça e nem toma partido político, apenas respeita suas normas constituídas e regidas pelo estatuto.

A organização do evento afirma que continuará com o projeto, e fará “um festival mais bonito, plural e divertido em 2020”.

Todos os reembolsos serão feitos via plataforma Sympla com total segurança. Para quem adquiriu em um dos pontos de venda, basta ir até o local para resgatar o valor integral. Já os que compraram no Bar do Haules, poderão resgatar a partir do dia 25 de novembro.


Leia mais sobre | |
Link original: https://www.jj.com.br/cultura/paulista-nega-estadio-para-atracao-lgbt/
Desenvolvido por CIJUN