Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Record tentar manter sua audiência alta com Jezabel

DA REDAÇÃO | 23/04/2019 | 08:30

A Record estreia nesta terça-feira (23) sua nova novela, “Jezabel”, às 20h45. Substituindo “Jesus”, que registrou bons índices de audiência especialmente na reta final, a superprodução -que inicialmente terá 80 episódios- revela o alto investimento da emissora em dramaturgia.
Escrita por Cristianne Fridman, a trama contará mais uma história da bíblica, ambientada 870 anos antes do nascimento de Cristo: a da princesa fenícia Jezabel, interpretada pela atriz Lidi Lisboa, 34 anos.
Em um choque entre dois mundos, o do povo fenício e o de Israel, Jezabel se casará com o rei Acabe, vivido pelo ator André Bankoff, 40 anos, com a missão de unir os reinos e se tornar rainha de um imenso território.
Usando toda sua beleza e seu poder de sedução, a fenícia fará de tudo para que seus desejos se tornem realidade, impondo até crenças pagãs sobre o povo de Israel. Muitos atenderão os anseios de Jezabel, mas o profeta Elias, interpretado na trama por Iano Salomão, 35 anos, será seu maior obstáculo.
Lidi Lisboa, que vive sua primeira protagonista, diz acreditar que a maldade de Jezabel é apenas uma máscara, usada para esconder uma mágoa profunda. “Essa firmeza é uma carapaça, porque ela sente um vazio em relação aos pais e à religião. Esse sentimento é causado pelo amor que ela não teve”, diz Lidi.

NO MARROCOS
As equipes da Record e da Formata, parceira na produção de “Jezabel”, contam que muitas cenas foram gravadas no Marrocos, país localizado no norte da África. Para o diretor-geral Alexandre Avancini, a palavra que define o projeto é “motivação”.
“É muito bacana quando a gente fala em superprodução, mas tem o outro lado também. A gente tem uma equipe gigantesca e um elenco muito envolvido. Só motivação explica isso”, disse Avancini. (F.P.)

T_jezabel-protagonista-de-record-tv


Link original: https://www.jj.com.br/cultura/record-tentar-manter-sua-audiencia-alta-com-jezabel/
Desenvolvido por CIJUN