Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Reproduções de imagens da história de Jundiaí ilustram pontilhão da Nove

Da Reportagem | 16/12/2018 | 19:07

Trabalhos de grafitagem, com a reprodução de imagens que marcam o cenário da cidade de maneira muito especial, foram realizadas durante todo este final de semana no espaço do pontilhão da Avenida Nove de Julho, com a conclusão dos trabalhos prevista para este domingo (16). As ações fazem parte das comemorações do aniversário de 363 anos de Jundiaí – transcorridos na sexta-feira (14), através da de Gestão de Cultura (UGC).

Dentre os patrimônios materiais e imateriais retratados pelos artistas Insane, Estranho, Horácio, Esgoto, Imortal e Dario, estão o Teatro Polytheama, a uva, o bagre jundiá, o Paulista Futebol Clube – o Galo da Serra do Japi, o Refogado do Sandi, o Clube do Fusca, o Clube 28 de Setembro, e outras inúmeras imagens vibrantes que tão bem retratam a terra de Petronilha Antunes e Rafael de Oliveira.

O gestor de Cultura, Marcelo Peroni destaca a importância da arte feita a céu aberto, a manifestação democrática. “Uma ação muito especial, inclusive por se tratar do aniversário de Jundiaí: entendendo o grafite como uma arte efêmera, de tempos em tempos a mesma precisa ser renovada. Ao idealizarmos este novo painel, estamos aproximando a população da arte pública, urbana, que está nas ruas. O mural representa tudo isso, inclusive a imagem do peixe Jundiaí ao centro – ele que dá o nome à cidade – tem um significado todo especial porque após anos de processo para a despoluição o mesmo volta aos rios. Paralelamente à grafitagem, estamos promovendo brincadeiras para as crianças e shows musicais no espaço ao lado – o Bolsão da Nove – uma ação completa para que a comunidade se aproprie dos espaços públicos, inclusive os visitantes. A cidade é vida, é pulsante, e para que se torne cada vez mais segura e acolhedora é preciso que cada um de nós tenha a sua participação efetiva.”

Sobre arte e pela arte, Márcio Silva – o grafiteiro Insane, integrante do grupo FT.165 – declarou que sente orgulho de ser jundiaiense. “Durante a semana cada um de nós tem outras atividades profissionais, mas o gosto pela arte do desenho contagia, nos mantém unidos sempre com um projeto diferenciado para colocar em prática, especial como este que realizamos agora. Homenagear Jundiaí com a nossa arte representa uma grande satisfação: conhecemos a história desta cidade, o seu dia a dia, os avanços, nossa proposta é expressar e divulgar o que há de bom, passar para as gerações a partir de pinceladas que se transformam em grandes e valiosas imagens para a população.”

Raphael Dantas Silva é técnico em Eletrônica e conta que veio da capital para morar e trabalhar em Jundiaí. “Fazendo a minha caminhada de final de semana e parando para observar os artistas trabalhando, fico admirado, tudo é muito diferente. As pessoas passam pela Avenida, sempre correndo, e na maioria das vezes não apreciam um trabalho como este. Aqui aprendo um pouco sobre a história de Jundiaí. Parabéns!”

Graf-1 (1)


Link original: https://www.jj.com.br/cultura/reproducoes-de-imagens-da-historia-de-jundiai-ilustram-pontilhao-da-nove/
Desenvolvido por CIJUN