Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Thaetro Municipal anuncia programação com novidades

Da Redação | 27/02/2020 | 05:24

Uma programação diversa, inquieta, multicultural e para todos é o reflexo da política da Secretaria Municipal de Cultura para o Theatro Municipal. Sob a direção artística de Hugo Possolo, o prédio histórico receberá, em 2020, sete títulos de óperas, sendo uma encenada fora da Sala de Espetáculos e uma encomenda, 16 programas sinfônicos, apresentações dedicadas à celebração dos 250 anos de Beethoven, peças de teatro e a ampliação do projeto Novos Modernistas. Com a volta do Caderno de Assinaturas no ano que vem, o público já poderá garantir o seu lugar com antecedência para as temporadas sinfônica e lírica.

A parceria de Hugo Possolo com o Secretário Municipal de Cultura, Alexandre Youssef, trouxe novos públicos e tornou a casa mais acessível. Apenas em 2019, 27% da programação do Complexo Theatro Municipal foram gratuitos. Dados de um relatório de pesquisa de perfil de público e satisfação realizada pela AGP Pesquisas Estatísticas também mostram que as apresentações foram prestigiadas por novos espectadores, tendo em vista que 42% foram ao Municipal pela primeira vez em 2019 – contra 34% em 2018. Além disso, a faixa etária até 29 anos foi a que esteve mais presente nos espetáculos, representando 37% do total de espectadores – contra 28% do mesmo período do ano passado.

Para 2020, os pilares continuam sendo programação plural para um público diverso, mas sempre respeitando e executando as montagens de óperas, os concertos sinfônicos e os espetáculos de balé que são a tradição da casa. Esta é a primeira programação montada em sua totalidade por Hugo Possolo, que assumiu a direção artística em março deste ano. “Teremos a volta do Caderno de Assinaturas, a ampliação dos Novos Modernistas – uma série que abrigou outras manifestações artísticas como o circo, o teatro e que em 2020 passa a incorporar e interagir com os corpos artísticos do Municipal. Esses grupos estarão inseridos nos espetáculos e, desta maneira, podemos aproveitar ainda mais toda a nossa potência e excelência”, afirma Possolo.

No que diz respeito à temporada lírica, Hugo Possolo completa que “serão seis óperas, sendo duas delas dirigidas por mulheres, o que é uma ocupação de espaço importante e relevante. Os títulos irão levantar questões sobre opressão, polarização, feminismo, fascismo e liberdade para além das obras. A temática e o significado musical das produções foram a condução da linha curatorial. Partimos de um conflito conceitual e do questionamento sobre o que podemos abordar com essas obras”, destaca.
A programação completa da temporada 2020 pode ser conferida no site theatromunicipal.org.br

 


Link original: https://www.jj.com.br/cultura/thaetro-municipal-anuncia-programacao-com-novidades/
Desenvolvido por CIJUN